sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Brigada Militar captura assaltante que esfaqueou duas mulheres em Porto Alegre

 Morador de rua foi preso na rua Desembargador André da Rocha, próximo do local do crime



A Brigada Militar confirmou nesta manhã a prisão do assaltante que esfaqueou e feriu duas mulheres dentro do apartamento na área central de Porto Alegre. Entre o final da noite de quarta-feira e início da madrugada desta quinta-feira, o efetivo do 9º BPM realizava o policiamento ostensivo no entorno da rua 24 de Maio, onde ocorreu a tentativa de latrocínio. Na rua Desembargador André da Rocha, o suspeito, um morador de rua, de 22 anos, foi avistado e abordado.

Em entrevista ao Correio do Povo, o comandante do 9º BPM, tenente coronel Fernando Gralha Nunes, explicou que o assaltante abordado tinha as mesmas características do autor do crime, sendo levado para a 1ª DP onde foi reconhecido depois por uma das vítimas. Nas imagens de uma câmera de monitoramento, que registraram a invasão do imóvel onde estavam as vítimas, foi percebido que o ladrão mancava quando caminhava. “Ele mancou igual da mesma forma”, observou. O indivíduo possui ainda uma enorme tatuagem na mão direita.

O criminoso preso possui extensa ficha de antecedentes criminais, como tráfico de drogas, posse de entorpecente, ameaça, furto, descuido, lesão corporal, roubo e receptação. “Tinha uma ocorrência de 2017 onde o mesmo indivíduo já tinha esfaqueado e ferido um ciclista ao tentar roubar a bicicleta da vítima”, recordou o oficial.

O comandante do 9º BPM revelou ainda que um levantamento de suspeitos e ocorrências parecidas na área havia sido elaborado logo após o crime. “Começamos a ir atrás deles. Eles não saem muito da região”, resumiu.

O tenente coronel Fernando Gralha Nunes lembrou também que o outro morador de rua, de 35 anos, que aparece nas imagens da câmera de monitoramento e permaneceu na calçada para cuidar o movimento, já havia sido detido na mesma noite pelo efetivo do 9º BPM pois portava um dos dois telefones celulares roubados das vítimas. No entanto, o segundo celular não foi localizado com o ladrão agora preso. 


ATAQUE

tentativa de latrocínio ocorreu na noite da última terça-feira em um pequeno prédio residencial na rua 24 de Maio, entre a Desembargador André da Rocha e Avaí. A moradora, uma secretária de 36 anos, estava com a amiga, uma médica veterinária, de 37 anos, que fazia uma visita. O apartamento fica situado no andar térreo. 

O assaltante escalou a parede e entrou pela janela. Após esfaquear as vítimas, o criminoso fugiu pelo mesmo caminho, levando dois celulares. As imagens da câmera de monitoramento indicam que o ataque ocorreu por volta das 20h30min, sendo vistos os dois moradores de rua na frente do imóvel.

As vítimas foram encaminhadas pelo Samu ao Hospital de Pronto Socorro (HPS). A moradora teve alta mais tarde após receber atendimento médico. Já a amiga permaneceu internada devido à gravidade dos ferimentos.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário