domingo, 27 de novembro de 2022

Vagas de emprego em Porto Alegre - 27.11.2022

 

Logo do Trabalha Brasil

Confira as vagas que temos para você:
Imagem do banner
Vendedor
Confidencial
Porto Alegre
Confidencial
Vendedor
Confidencial
Porto Alegre
Confidencial
Vendedor
Divulga Vagas
Porto Alegre
R$1703
Vendedor
Divulga Vagas
Porto Alegre
Confidencial
Vendedor
Divulga Vagas
Porto Alegre
R$1500

sábado, 26 de novembro de 2022

Direto de Brasília - 26 dias de acampamento - Multidão pelas ruas - 26/11/2022

 



Fonte: https://www.facebook.com/noticiasdobrtv/videos/532010995449374

Após não ajudar Armênia em conflito e ter derrotas na Ucrânia, Putin vê aliados se afastarem

 Em cúpula da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), líder armênio denunciou incapacidade de aliados em ajudar país na guerra com o Azerbaijão

O presidente russo, Vladimir Putin, participa da reunião dos líderes da CSTO em Yerevan

VLADIMIR SMIRNOV/AFP - 23.11.2022


A Rússia, além das dificuldades militares na Ucrânia, enfrenta tensões internas na Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), aliança militar promovida por Moscou para manter sua área de influência no Cáucaso e na Ásia Central.


Durante uma cúpula do CSTO em Yerevan (Armênia), o primeiro-ministro armênio, Nikol Pashinián, denunciou a incapacidade de seus aliados em ajudar seu país na guerra com o Azerbaijão, com quem se disputa o controle da região de Nagorno Karabagh.


Um artigo do CSTO prevê que quando um dos países membros sofre uma agressão, os demais intervêm para defendê-lo, lógica semelhante à estabelecida pela OTAN.


No entanto, apesar de seus repetidos pedidos, a Armênia não recebeu ajuda militar de seus aliados.


Pashinián denunciou que isso supõe "enormes danos à imagem do CSTO, tanto em nosso país como no exterior".


Além de sua não intervenção na Armênia, o papel da Rússia como potência regional e mundial foi enfraquecido pelas dificuldades militares na Ucrânia, segundo seus aliados de longa data.

"Acho que todos nós pensamos a mesma coisa: se a Rússia cair, nosso lugar ficará sob os escombros", disse o presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, aliado de seu colega russo, Vladimir Putin.


"A Rússia está continuamente perdendo terreno. A confiança está enfraquecendo", disse à AFP Murat Aslat, pesquisador do think tank Seta, com sede em Ancara.


Em vez disso, a Turquia, que apoia o Azerbaijão na guerra com a Armênia, avança com seus peões para reforçar sua influência na Ásia Central.


"Deslocamento"


Também fazem parte do CSTO o Cazaquistão, o Quirguistão e o Tadjiquistão, além de Rússia, Armênia e a Bielo-Rússia


Muitos destes países duvidam, porém, do futuro desta organização, ainda mais tendo em conta as recentes tensões territoriais entre o Quirguistão e o Tajiquistão.


“Há cada vez mais competição e violações em vez de verdadeira cooperação e organização”, considera Murat, que observa “falta de identidade e consenso sobre problemas comuns”.


As autoridades russas estão oficialmente satisfeitas com o resultado da recente cúpula do CSTO. Esta organização serve para "garantir a defesa de nossos interesses nacionais e a soberania e independência de nossos países", disse Putin.


Mas a imprensa russa ficou menos satisfeita. "Os aliados têm prioridades diferentes", intitulou o jornal Kommersant na quarta-feira, e o jornal Nezavissimaia Gazeta assegurou que "em Yerevan, capital da Armênia, eles tentaram salvar a aliança do deslocamento", dadas as preocupações e interesses divergentes e a falta de solidariedade entre os países membros.

Richard Giragosia, diretor do think tank Centro de Estudos Regionais com sede em Yerevan, renomeou essa aliança com algum escárnio de "uma organização de tratado de insegurança coletiva". Este analista acredita que Putin é o principal responsável por seu declínio.


O futuro do CSTO não pode ser previsto, mas a perda de influência da Rússia abre as portas para que outras potências regionais ou mundiais aumentem sua influência na Ásia Central, como a Turquia ou a China.


O gigante asiático baseia sua influência geopolítica por meio da Organização de Cooperação de Xangai e seu projeto "novas rotas da seda".

AFP e R7

Em meio a crise econômica, ditador cubano pede ajuda à China

 Miguel Díaz-Canel encontrou-se com Xi Jinping para acertar doações de suprimentos médicos, medicamentos e dinheiro 

Ditador cubano, Miguel Diz-Canel durante visita a Pequim nesta sexta-feira (25)

ALEJANDRO AZCUY - CORTESIA PRESIDÊNCIA DE CUBA VIA EFE


O ditador de Cuba, Miguel Díaz-Canel, chegou nesta sexta-feira (25) à China para uma visita oficial de dois dias após ter visitado a Rússia e a Turquia.


Durante o encontro com o ditador da China, Xi Jinping, o cubano pediu ajuda para superar a grave crise econômica e energética que a ilha caribenha enfrenta. Alguns especialistas consideram que o país enfrenta o pior momento das últimas décadas.


Uma cerimônia foi organizada para oficializar a entrega de matérias-primas, uniformes escolares, suprimentos médicos e medicamentos a Cuba. O governo chinês também se comprometeu a fazer doações em dinheiro para Havana. 

Xi manifestou a disposição de Pequim para "aprofundar a confiança política mútua e ampliar a cooperação prática" com Cuba, observando que as relações bilaterais são "um caso exemplar de solidariedade e cooperação entre países socialistas e apoio sincero entre países em desenvolvimento".


Os dois ditadores assinaram 12 documentos, incluindo um plano de consultas entre os ministérios das Relações Exteriores dos dois países, um memorando de entendimento para a promoção das Novas Rotas da Seda — plano da China de financiar infraestrutura em mais de 60 países — e um memorando para o "fortalecimento da cooperação econômica e comercial" entre as duas nações.

mudará" sua política de "amizade" com Cuba nem sua "vontade de trabalhar" com a nação caribenha para "proteger a justiça internacional e se opor à hegemonia".


Díaz-Canel, por sua vez, transmitiu a Xi "as saudações cordiais de seu amigo general do Exército Raúl Castro" e lembrou que Fidel Castro destacou "a capacidade e a firmeza" do atual presidente chinês, justamente no dia em que se completa o sexto aniversário da morte do ex-ditador cubano.

Putin e presidente de Cuba inauguram estátua de Fidel Castro em Moscou

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente cubano, Miguel Diaz-Canel, inauguraram uma estátua do o líder revolucionário cubano Fidel Castro em uma praça em Moscou, nesta terça-feira (22) ao líder revolucionário cubano Fidel Castro, prometendo aprofundar sua amizade diante das sanções dos Estados Unidos contra os dois países. Castro, que assumiu o poder em 1959, não é homenageado com estátuas em sua terra natal porque, disse seu irmão Raul após sua morte em 2016, ele queria evitar um culto à personalidade


EFE e R7 

Russos são filmados fugindo de bombardeio ucraniano

 As imagens mostram o veículo inimigo transitando em um campo aberto antes de ser atacado




Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=lUoPt6hCVw0

ESTRADA BR 290 DE PORTO ALEGRE PRA ALEGRETE | CIDADE ARROIO DOS RATOS | POUSO NA BEIRA DA RODOVIA


Advogada Gessica Almeida: “Atualmente vivemos uma insegurança jurídica"

 Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, conversou com a advogada Gessica Almeida sobre a liberdade de expressão e as eleições.




Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=RTiSw0Tc97k

Presidente Jair Bolsonaro na Formatura de Aspirantes a Oficial do Exército na AMAN, no Rio de Janeiro

 



Fonte: https://www.facebook.com/noticiasdobrtv/videos/531846055193187

Acabou a Black das Blacks? Só que não 👀

 

Parceiro MagaluYoutube Facebook Blog Telegram Instagram
SelosParceiro Magalu

Compre de quem você confia. Muito mais vantagens para você. O Parceiro Magalu é um canal de vendas do Magazine Luiza. O remetente deste email está autorizado a vender nossos produtos através do site www.parceiromagalu.com

Ofertas válidas até enquanto durarem nossos estoques (o que ocorrer primeiro). Preços anunciados não incluem frete. Este e-mail não deve ser respondido.

Para dúvidas referentes a: entregas, montagens, cancelamentos e/ou pagamentos, entrar em contato com a Central de Atendimento através do número 0800 310 0002.


Desembargador fala ao "Oeste Sem Filtro" - 23.11.2022

 



Fonte: https://www.facebook.com/watch/?v=1500977387050460

"Lutadores pela moradia" invadem supermercado

 Faz o L 





Fonte: https://www.facebook.com/100002655104250/videos/920959598866597/

O mundo inteiro já reconhece que no Brasil houve fraude e que Lula foi colocado por seus comparsas e não pelo povo!

 



Fonte: https://www.facebook.com/watch/?v=849076833108196

Moraes desbloqueia fundo partidário do Republicanos e do PP

 Siglas informaram que reconhecem o resultado das eleições e não participaram de elaboração de relatório contra as urnas

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o desbloqueio dos valores do fundo partidário destinados ao Republicanos e ao PP. Na decisão, o magistrado destaca que os partidos informaram à corte que reconhecem o resultado das eleições. 

Na ação, ambas as siglas destacaram ainda que não participaram e não concordam com relatório do PL sobre as urnas. De acordo com Moraes, a liberação dos valores que estavam bloqueados deve ocorrer de maneira imediata. 

"Ambos os partidos - Progressistas e Republicanos - afirmaram, expressamente, que reconheceram publicamente por seus dirigentes a vitória da Coligação Brasil da Esperança nas urnas, conforme declarações publicadas na imprensa e que, em momento algum, questionaram a integridade das urnas eletrônicas, diferentemente do que foi apresentado única e exclusivamente pelo Partido Liberal ", destaca um trecho da decisão.

O relatório produzido pelo PL usou suposta falha nos arquivos de log das urnas eletrônicas para questionar a validade do pleito e pediu a anulação de votos depositados em 279 mil urnas. Ao analisar o caso, Moraes entendeu que não existe fundamento para a solicitação, afirmou que o partido agiu de má fé e aplicou multa de R$ 22 milhões, com o bloqueio do fundo partidário até que o valor seja pago.


R7 e Correio do Povo

MPF recorre e pede afastamento imediato do diretor-geral da PF, Silvinei Vasques

 Recurso foi apresentado nesta sexta-feira, após a Justiça Federal do Rio de Janeiro negar o pedido por ele estar de férias


O Ministério Público Federal (MPF) recorreu nesta sexta-feira da decisão da 8ª Vara Federal do Rio de Janeiro de negar o afastamento imediato do cargo por 90 dias do diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, por ele estar de férias. O recurso será analisado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

O diretor-geral se tornou réu em ação de improbidade administrativa por suposto uso indevido do cargo para pedir votos para o então candidato à Presidência da República e atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL). Para o MPF, mesmo de férias, ele continua exercendo poder sobre a instituição. "A relação hierárquica tem uma dimensão intersubjetiva e social que não se restringe ao ambiente físico de trabalho. Em outras palavras, o diretor-geral não deixa de ser diretor-geral porque está em férias; não deixa de ter ascendência sobre seus comandados, especialmente numa organização policial fardada; não deixa de ter o poder de causar temor reverencial."

Na decisão, o juiz federal José Arthur Diniz Borges deu prazo de 30 dias para que Silvinei se manifeste, mas não decidiu sobre o afastamento pelo período de 90 dias porque o diretor está de férias até o dia 6 de dezembro.O MPF moveu ação de improbidade e pediu o seu afastamento pelo uso indevido do cargo, com desvio de finalidade, bem como de símbolos e imagem da instituição policial com o objetivo de favorecer Bolsonaro.

No inquérito que apura o caso, o MPF revelou que o diretor-geral da PRF, desde o começo das eleições, fez postagens em redes sociais com mensagens de cunho eleitoral, culminando, no dia 29 de outubro de 2022, véspera da realização do segundo turno das eleições, em mensagem, em sua conta pessoal no Instagram, pedindo explicitamente voto para o atual presidente.

Para o MPF, "a figura fardada do Diretor-Geral é simbólica,com relação à própria Polícia Rodoviária Federal. Tanto assim o é que são investigadas supostas operações policiais durante o pleito (número bem acima do usual) e inação durante os bloqueios (de dimensão nacional) das estradas após a divulgação do resultado", detalha o pedido do MPF.

R7 e Correio do Povo

Nasa confirma que nave Orion entrou em órbita da Lua

 Aparelho espacial deverá levar humanos para o satélite natural entre 2024 e 2025


A Nasa informou nesta sexta-feira que a nave Orion entrou na órbita lunar, em um procedimento bem-sucedido para a missão à Lua. Pouco mais de uma semana após o lançamento da nave do estado da Flórida, os controladores de voo "realizaram com sucesso a inserção da Orion em uma órbita retrógrada distante", detalhou a agência espacial dos Estados Unidos.

O objetivo é que a nave leve astronautas à superfície da Lua nos próximos anos, na primeira missão desde a Apollo em 1972. Este primeiro voo de teste, não tripulado, tem como objetivo garantir que a nave é segura. "A órbita é distante, Orion voará cerca de 40.000 milhas (cerca de 64.300 km) sobre a Lua", informou a Nasa, salientando que em algumas passagens essa distância poderá se expandir.

Enquanto a nave estiver na órbita lunar, os controladores de voo monitorarão os principais sistemas e realizarão verificações no espaço profundo, disse a agência. A Orion levará cerca de uma semana para completar meia órbita ao redor da Lua. A nave então iniciará sua viagem de volta para a Terra.

Espera-se que a espaçonave retorne com um pouso no Oceano Pacífico programado para 11 de dezembro. O sucesso desta missão determinará o futuro da missão Artemis 2, que deve levar astronautas ao redor da Lua sem pousar, e da Artemis 3, em que os humanos finalmente voltarão a pisar num lugar fora da Terra. Essas missões estão programadas para ocorrer em 2024 e 2025, respectivamente.

AFP e Correio do Povo

Lacombe: "O Senador Moldado em Covardia!"

 



Fonte: https://www.facebook.com/watch/?v=542694797722906

Falha causa paralisação do aeromóvel em Porto Alegre até segunda-feira

 Transporte faz ligação do Trensurb com o Aeroporto Internacional Salgado Filho


A Trensurb informou, na noite desta sexta-feira, que em razão de uma falha no sistema de controle da automação do veículo A100, a linha aeromóvel teve de ser temporariamente fechada em Porto Alegre. A verificação do sistema será realizada durante o fim de semana e deve se estender até até segunda-feira.

O Aeromóvel liga a estação do metrô ao Terminal de Passageiros do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O trajeto de 814 metros é percorrido em dois minutos e meio, sem pagamento adicional de passagem para quem usa o trem.

Rádio Guaíba e Correio do Povo

Com ou sem Neymar, vencer o Brasil é possível, garantem torcedores suíços e camaroneses

 Seleções são rivais brasileiras no Grupo G da Copa do Mundo

Suíça e Camarões fizeram na quinta-feira uma partida longe de ser empolgante que terminou em uma vitória magra dos europeus por 1 a 0 no estádio Al Janoub, em Doha, na estreia de ambos na Copa do Catar. Mas apesar da pouca criatividade mostrada em campo e as raras chances reais de gol, torcedores das duas seleções se mostraram confiantes mesmo sabendo que estão em um difícil Grupo G que conta também com o pentacampeão Brasil, que mostrou força na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia.

ausência de Neymar, que machucou o tornozelo direito nessa partida e desfalcará o Brasil contra a Suíça e provavelmente contra Camarões, não altera a confiança dos torcedores das duas seleções. Marcel Rohner, de 53 anos, da cidade de St.Gallen, vai assistir a todos os jogos da Suíça na primeira fase. E já está pensando no próximo adversário.

"O jogo contra o Brasil será mais difícil mas não temos medo, hein! Temos uma equipe muito boa", garantiu o torcedor, enrolado em uma bandeira de seu país. "Os brasileiros têm valores individuais incríveis. O futebol está no sangue dos jogadores e a torcida é louca, apaixonada", elogiou.

Rohner se mostrou satisfeito com a vitória suada contra Camarões e atribuiu a dificuldade ao nervosismo, natural na estreia. "Ganhamos 3 pontos. Isso é o mais importante. Estou muito contente". Outro suíço, Christian Dousse, de 61 anos, é um consultor de RH apaixonado por futebol que já esteve com seus amigos nas Copas de 2006 na Alemanha, 2014 no Brasil e 2018 na Rússia, além de várias edições da Eurocopa. Ele também está confiante mesmo após a tímida vitória sobre os camaroneses.

"Nosso grupo é muito difícil. Camarões tem uma boa equipe e jogou melhor no primeiro tempo. Mas felizmente temos o goleiro Yann Sommer que fez grandes defesas e nosso time melhorou no segundo tempo", explicou ele.

Segundo Dousse a força do Brasil não se resume ao talento de Neymar. "Nós sabemos que o Brasil é muito forte tecnicamente, tem muito apoio de sua torcida. Eles serão os favoritos mas podemos surpreender", alertou.

Camaroneses não jogam a toalha

Thierry, empresário camaronês de 48 anos, lamentou a derrota mas não desanimou. "Acho que faltou velocidade e garra em momentos importantes porque o time fez um bom primeiro tempo", analisou. O camaronês acredita até o fim. "Eu espero que Camarões vença o Brasil. A gente pode ganhar. Vai ser 2 a 1. Eu estarei lá no estádio de novo e sei que as chances de Camarões avançar na Copa continuam intactas", garante.

Já Clarence, de 43 anos, parece mais comedido. "Acho que na Copa do Mundo tudo é possível. Se a Arábia Saudita conseguiu vencer a Argentina, nós podemos avançar à segunda fase, como fizemos em 1990", quando a seleção camaronesa de Roger Milla venceu a seleção de Diego Maradona na estreia e ainda conseguiu chegar às quartas de final. "Somos 'outsiders'. Acho que não temos uma boa defesa, é o nosso ponto fraco. Mas temos capacidade mental para conseguir seguir adiante", completou. Entre os camaroneses há um consenso de que os erros táticos precisam ser corrigidos a tempo pelo técnico Rigobert Song.

É o que pensa Van, de 26 anos, um eletricista que mora no Catar há 5 anos. Ele apontou as falhas de seu time na estreia mas ainda acredita numa reação: "Acho que os atacantes ficaram isolados nesse jogo, e é importante que os jogadores fiquem próximos um do outro e deem passes curtos. Se acertarem isso, acho que vamos melhorar no segundo jogo, contra a Sérvia".

Sobre a partida contra o favorito Brasil, a última da fase de grupos, Van acha necessária uma marcação intensa sobre uma equipe que, segundo ele, tem muitos craques além de Neymar: "Não podemos dar espaço para os jogadores do meio para frente. Eles são muito criativos e habilidosos e sempre podem gerar perigo".

O Brasil enfrenta a Suíça na próxima segunda-feira no Estádio 974 às 13h00, horário de Brasília. O duelo contra Camarões acontecerá na sexta-feira, dia 2 de dezembro, no Estádio Nacional de Lusail às 16h00.


AFP e Correio do Povo

Governo concede crédito extra para volta da emissão de passaportes

 Portaria publicada na quinta-feira (24) garante R$ 37,3 milhões para retomada do serviço, suspenso por falta de verbas

A emissão de passaportes pela Polícia Federal será retomada após crédito suplementar de R$ 37.365.321 para a continuidade da impressão. O serviço está suspenso desde o último sábado (19) por falta de recursos. O R7 perguntou à corporação quando a emissão voltará a ser feita e aguarda retorno.

A volta do serviço foi garantida por uma portaria publicada em edição extra do Diário Oficial da União dessa quinta-feira (24). O texto é da Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento, vinculada ao Ministério da Economia, e abre crédito suplementar de R$ 58.765.321 para os ministérios da Justiça e Segurança Pública e do Desenvolvimento Regional.

A parte destinada à pasta da Justiça mira a Polícia Federal, mais especificamente o programa de segurança pública, combate à corrupção, ao crime organizado e ao crime violento. A atividade descrita é a manutenção do sistema de emissão de passaporte, controle do tráfego internacional e de registros de estrangeiros.

Do valor total, R$ 21,4 milhões são voltados à administração direta do Ministério de Desenvolvimento Regional, para ações de proteção e defesa civil, dentro do programa de gestão de riscos e desastres.

Para bancar os recursos, o governo federal anulou repasses ao Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Na pasta, a quantia fazia parte de programa para desenvolvimento de tecnologias aplicadas, inovação e desenvolvimento sustentável em operações especiais e projetos de desenvolvimento tecnológico.

Questionado, o Ministério da Economia ainda não informou se os investimentos retirados serão retomados, não detalhou os motivos que levaram ao corte na área nem explicou quais ações integravam as operações suspensas.

Na quarta-feira (23), o governo de transição do presidente da República eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), havia afirmado que o valor previsto no Orçamento de 2023 para a Polícia Federal era insuficiente. Na ocasião, o senador eleito Flávio Dino (PSB-MA), integrante do grupo, declarou que a falta de verba poderia interromper atividades essenciais da corporação.


R7 e Correio do Povo

Carta sobre o orgulho de ser brasileiro

 Vídeo de Roberto Motta




Fonte: https://www.facebook.com/watch/?v=444553321199996

Copa na Copa: o anfitrião disse adeus ao Mundial

 Após perder por 3 a 1, Seleção do Catar se despediu do campeonato



Logo na segunda rodada da Copa do Mundo, o Catar já está eliminado. A seleção anfitriã do Mundial de 2022 perdeu por 3 a 1 para Senegal e assim deu adeus às chances de classificação às oitavas de final. Carlos Corrêa, Fabrício Falkowski, e com a participação especial de Fred Falkowski, analisam esse jogo e três demais dessa sexta-feira, com destaque para a vitória sofrida do Irã sobre País de Gales, com dois gols nos acréscimos. Assista:

Correio do Povo

Bill Gates divulga sua lista de livros recomendados

 A tradicional lista do empresário foi publicada nesta semana com atualizações


A tradicional lista de livros de Bill Gates, fundador da Microsoft, foi publicada pelo empresário nesta semana - e, como todo semestre, veio com cinco indicações de leitura que o bilionário classifica como essenciais para as festas de fim de ano.

Nesta edição, porém, Gates selecionou livros que considera os melhores já lidos por ele ao invés da lista de últimos títulos consumidos. Para o bilionário, a lista traz títulos que ele recomenda para família e amigos independente da época do ano. Entre as obras, biografias e ficção científica ganham destaque no gosto de Gates.

"Um (dos livros) selecionados é um dos meus favoritos desde o ensino médio. Outro é um livro de memórias novinho em folha que acabei de terminar. Esta não é uma lista completa dos meus livros favoritos de todos os tempos - essa lista incluiria muito mais Vaclav Smil e Elizabeth Kolbert. Mas todos os cinco são livros que recomendei à minha família e amigos ao longo dos anos".

Veja os títulos escolhidos por Bill Gates neste fim de ano:

- "Um Estranho Numa Terra Estranha", de Robert A. Heinlein

Livro mais famoso de Heinlein, "Um Estranho Numa Terra Estranha" é uma ficção científica que conta a história de Michael Valentine, um humano criado em Marte, mas que retorna para a Terra como objeto de estudos de cientistas. Na Terra, Valentine nota que tem habilidades diferentes dos habitantes do Planeta e desenvolve um grande interesse nas religiões - e na forma como as instituições parecem poderosas para seus seguidores. Fascinado com o conceito, Valentine decide criar sua própria seita: a Igreja de Todos os Mundos.

Editora: Aleph

Idioma: Português

Páginas: 576

- "Surrender: 40 músicas, uma história", de Bono

A biografia do vocalista da banda irlandesa U2 Bono Vox, que foi publicada neste ano e acabou de chegar no Brasil, entrou para a lista de Gates por permitir descobertas que mesmo ele, fã da banda, não conhecia. Amigo pessoal de Bono, Gates conta que começou a ler o livro "sem saber quase nada sobre sua raiva de seu pai, as quase separações da banda e sua descoberta de que seu primo era na verdade seu meio-irmão".

Com histórias sobre a carreira, Bono conta a trajetória da banda para o estrelato, com detalhes inéditos e afirma, com bom humor, que a obra ainda está inacabada - a aposentadoria ainda não está nos planos do cantor.

Editora: Intrínseca

Idioma: Português

Páginas: 640

- "Team of Rivals", de Doris Kearns Goodwin

Sem tradução para o português, o livro "Team of Rivals" é uma obra da vencedora do Prêmio Pulitzer de 1995, Doris Kearns Goodwin, e é um recorte da história dos Estados Unidos, documentando como a política de Abraham Lincoln o levou a ser presidente. A biografia conta múltiplos pontos de vista sobre a vida pública do presidente, assim como suas ideias e relações emocionais com a América e seus compatriotas.

"Sempre que tentei resolver um problema difícil, seja em tecnologia ou filantropia, comecei procurando grandes exemplos da história. Nestes tempos turbulentos, Abraham Lincoln é o melhor modelo que você encontrará", escreveu Gates.

Editora: Simon & Schuster

Idioma: Inglês

Páginas: 944

- "O Jogo Interior do Tênis", de W. Timothy Gallwey

Na categoria autoajuda, Gates escolheu o livro "O Jogo Interior do Tênis", que trabalha o jogo de raquete com aspectos psicológicos de liderança, controle de emoções e autoconfiança. O título foi escrito por um dos fundadores do conceito de coaching e publicado em 1974, e quer que o leitor foque em dois pontos essenciais em um jogo de tênis (e na vida, como fala o autor): o jogo exterior, na quadra, e o jogo interior, na mente.

"O Jogo Interior é realmente sobre o seu estado de espírito. Está te ajudando ou te prejudicando? Para a maioria de nós, é muito fácil cair na autocrítica, o que inibe ainda mais nosso desempenho", aponta Gates. "Precisamos aprender com nossos erros sem ficarmos obcecados com eles".

Editora: Edipro

Idioma: Português

Páginas: 160

- "O Sonho de Mendeleiev", de Paul Strathern

Publicado em 2001, o livro mistura história e química para contar a trajetória do cientista russo Dmitri Mendeleiev em busca da organização perfeita de elementos. Do estudo, nasceu a obra prima do químico: a Tabela Periódica.

O livro ainda passa por biografias de outros notáveis da ciência, como Giordano Bruno, Nicolau de Cusa, Galileu Galilei e Johann Becher na hora de explicar a relação da química com as descobertas, experimentos e consolidação de conceitos ao longo do tempo.

Editora: Zahar

Idioma: Português

Páginas: 268

Agência Estado e Correio do Povo

Pagamento do IPVA 2023 começa em 14 de dezembro e desconto máximo chega a 32%

 Abatimento pode chegar ao número considerando as condições de Bom Motorista e Bom Cidadão

O IPVA 2023 poderá ser quitado pelos contribuintes gaúchos a partir do próximo dia 14 de dezembro, divulgou nesta sexta-feira a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), em coletiva de imprensa realizada em sua sede, em Porto Alegre. Também a partir de hoje, é possível aos motoristas consultarem sua situação quanto ao tributo. As alíquotas praticamente não tiveram mudanças em relação ao exercício anterior. Já os descontos poderão chegar a até 32% para pessoas físicas, desde que haja o cumprimento de algumas condições por parte dos proprietários de veículos pagantes. 

Para obter o abatimento máximo, o motorista precisa pagar de maneira antecipada até o próximo dia 29 de dezembro, e ter direito a redução pelos programas Bom Motorista (máximo de 15%), sem multas entre novembro de 2019 e outubro de 2022, e Bom Cidadão (máximo de 5%), com o registro do CPF em 150 notas fiscais ou mais. De acordo com a Sefaz, 42% da frota tributável poderá ter descontos pelo Bom Motorista e 25% pelo Bom Cidadão. 

Quem quitar o IPVA entre os dias 14 e 29 de dezembro terá desconto de 10% pela antecipação e não terá os efeitos da variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF/RS), de 5,88%, a partir de 2023. Outra possibilidade é quitar o IPVA em até seis parcelas, de janeiro a junho, algo que já havia sido implementado no ano passado. O parcelamento é sem juros, mas para quem quiser aderir à opção, a primeira parcela precisa ser paga até 31 de janeiro de 2023. As parcelas vencidas em janeiro, fevereiro e março terão descontos de 10%, 6% e 3%, respectivamente. A consulta dos montantes a serem pagos pelos contribuintes pode ser feita já a partir de hoje no site do IPVA

O pagamento único vai até o mês de abril, conforme o final de placa, com a última data no dia 24, para veículos com finais 1 e 2, e encerrando no dia 28, com finais 9 e 0. No ano passado, 20% dos pagamentos do IPVA foram pelo Pix, o que eliminou a opção de pagar em cheque no Banrisul. Para utilizar o Pix, o contribuinte deverá gerar um QR Code no site ou aplicativo do IPVA para smartphones Android e iOS, e pagar em mais de 760 instituições conveniadas.

O pagamento presencial pode ser feito em agências do Banrisul, Bradesco, Sicredi, Sicoob ou Banco do Brasil (somente para clientes), bem como aplicativos destes bancos. Não é mais possível quitar o tributo em agências lotéricas. Segundo a Sefaz, a expectativa é arrecadar R$ 5,029 bilhões com o tributo. Metade do valor arrecadado é destinado ao Estado e a outra metade para o município de emplacamento do veículo, para uso livre. Somente o pagamento antecipado, até 29 de dezembro, poderá gerar arrecadação bruta de cerca de R$ 1,5 bilhão, conforme a Receita Estadual. 

As alíquotas do IPVA são de 3% para automóveis e camionetes, 2% para motocicletas e 1% para caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetes para locação. A frota total do RS é de 7.413.277 veículos, dos quais 53,8% é pagante do tributo, e 46,2%, isenta. “Temos uma situação excepcional, desde o ano passado, em que o preço dos veículos usados aumentou. Nossa decisão de não propor reajuste se baseou nisto. Ainda, os descontos são benefícios que o Estado está concedendo ao contribuinte para minimizar esse impacto e poder pagar menos imposto do que no ano passado”, salientou o secretário Estadual da Fazenda, Leonardo Busatto, que apresentou as condições do tributo ao lado do subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira.




Correio do Povo

General Hamilton Mourão mandou o seu recado

 



Fonte: https://www.facebook.com/100000249484744/videos/5454389151355898/

"Esse partido não existe mais", diz Amoêdo ao se desfiliar do Novo

 O desgaste com a sigla se intensificou no último mês, durante o segundo turno das eleições presidenciais

João Amoêdo se desfiliou do partido Novo nesta sexta-feira (25). O desgaste com a sigla se intensificou no último mês, durante o segundo turno das eleições. Amoedo é fundador do Novo e ocupou a diretoria do partido até 2017, quando deixou o cargo para ser candidato à Presidência da República pela primeira vez.

"Hoje, com muito pesar, me desfilio do partido que fundei, financiei e para o qual trabalhei desde 2010. Deixo um agradecimento especial a todos que fizeram parte desse time que com dedicação, humildade e determinação transformaram em realidade o que parecia ser impossível. Infelizmente, o Novo, fundado em 2011 e pelo qual trabalhamos por mais de 10 anos, não existe mais."

Amoedo avisou da decisão pelas redes sociais. Segundo ele, a nova gestão do partido "desconfigurou o Novo". "Se distanciou da sua concepção original de ser uma instituição inovadora que, com visão de longo prazo, sem culto a salvadores da pátria, representava a esperança de algo diferente na política", escreveu.

No segundo turno do pleito deste ano, Amoedo declarou voto no candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apesar de ter liberado os filiados para se posicionarem como quisessem no segundo turno da eleição presidencial, a declaração de voto de Amoêdo não foi bem recebida pelo partido, que tem entre seus principais nomes apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), como o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

"A minha saída do Novo em nada muda a vontade de ajudar o Brasil. Espero levar os aprendizados desse projeto e, junto com aqueles que conheci e que compartilham dos mesmos valores, trabalhar pelo que sempre foi meu objetivo: contribuir para melhorar a vida dos brasileiros", finalizou Amoedo.

O empresário começou sua carreira como trainee no banco Citibank, foi diretor-executivo do banco BBA Creditanstalt, presidente da Finaústria CFI, vice-presidente e membro do conselho de administração do Unibanco, membro do conselho de administração do Itaú BBA e membro do conselho de administração da João Fortes Engenharia.


R7 e Correio do Povo

Seis pessoas permanecem internadas após ataque de atirador no Espírito Santo

 Autor do ataque é menor de idade e foi apreendido na tarde desta quinta-feira


Segundo informações atualizadas da Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa), seis pessoas permanecem internadas após o ataque de um adolescente de 16 anos contra duas escolas no distrito de Coqueiral, em Aracruz (ES), na manhã desta sexta-feira. Eles são atendidos em três instituições hospitalares. Três professoras foram encaminhadas para o município de Serra (ES), a cerca de 40 quilômetros do local dos ataques. O estado de saúde de todas elas é considerado grave. Com perfurações no corpo, as vítimas com idades de 38, 45 e 52 anos estão sendo submetidas a cirurgias no Hospital Estadual Doutor Jayme dos Santos Neves.

Outra professora, de 58 anos, está sendo atendida em Vitória, no Hospital Estadual de Urgência e Emergência São Lucas”, a cerca de 65 quilômetros de Coqueiral. Com perfurações em membros inferiores, ela possui estado de saúde estável e seu quadro está sendo avaliado por exames laboratoriais e de imagem.

Também na capital capixaba, o Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória atende dois alunos em estado gravíssimo: um menino de 11 anos atingido no abdome e uma menina de 14 anos ferida no crânio e que está atualmente entubada. Segundo a Sesa, ao todo foram atendidas 16 vítimas, com três mortes nos locais do ataque.

Ataque

ação do adolescente teve início por volta das 9h30 e começou pela Escola Estadual Primo Bitti, onde ele arrombou o cadeado de um dos acessos e fez disparos na sala dos professores, causando duas mortes e deixando vários feridos. Em seguida, o atirador entrou em um carro e se dirigiu ao Centro Educacional Praia de Coqueiral, uma instituição privada. No local, efetuou novos disparos, tirando a vida de uma aluna e ferindo outras vítimas.

A Polícia Civil iniciou de imediato a investigação que possibilitou a apreensão do adolescente, filho de um policial militar, que confessou o crime. Já se sabe que ele usou duas armas de responsabilidade do pai: um revólver de calibre .38, de propriedade privada, e uma pistola calibre .40, pertencente à Polícia Militar. Ele também levava três carregadores. O governador Renato Casagrande confirmou que, no momento do crime, o adolescente usava uma braçadeira com um símbolo nazista.

Imagens das câmeras de segurança registraram a ação. O atirador vestia roupa camuflada e uma máscara de esqueleto, similar à usada em fotos nas redes sociais por um dos autores do massacre ocorrido em 2019 na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP).

Durante a apreensão, o adolescente não explicou à Polícia Civil por que fez os ataques. O delegado João Francisco Filho disse que ele estava tranquilo e não manifestou arrependimento. A apuração preliminar apontou que ele fazia tratamento psiquiátrico. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de que o adolescente não tinha um alvo definido e que ele pode ter agido sob estímulo de grupos extremistas, que se organizam de forma virtual dentro e fora do Brasil.

Agência Brasil e Correio do Povo