sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Com protocolos sanitários, salas de cinema de shoppings reabrem nesta sexta em Porto Alegre

 Decreto municipal permitiu o funcionamento do setor com capacidade reduzida


André Luis Sanchez Bastos, 53 anos, fixava no começo da tarde desta quinta-feira, no GNC do shopping Praia de Belas, os cartazes com os filmes que vão voltar a ser exibidos a partir desta sexta-feira em cinco das seis salas do local. Ele não escondia a emoção de retornar ao ambiente da sétima arte, onde trabalha há 25 anos como recepcionista.

Com o decreto da Prefeitura de Porto Alegre, que permite o funcionamento de cinemas com capacidade reduzida, o setor - que precisou adotar novos protocolos sanitários - vive a expectativa de um recomeço. Além do GNC, as salas de cinema da rede Cineflix, no Shopping Total, também reabrem nesta sexta. 

"Vai ser uma retomada com calma, foi uma situação nova (pandemia). O cinema tem certa liberdade, oferece uma liberdade que agora vai ter que ser controlada, por pouco tempo, até se normalizar", afirma Bastos.

Público limitado a 30% da capacidade das salas, marcação no chão indicando a distância mínima entre as pessoas, dispenser de álcool em gel em vários lugares, sanitização das salas entre as sessões e uso obrigatório de máscaras são algumas das mudanças promovidas no local para garantir a segurança dos usuários. "Houve muita conscientização. O cinema está abrindo numa época que pessoal já está bem treinado, já vêm com ideia formada, com novas regras", aposta.

Preparação

Gerente geral do GNC Praia de Belas, Maristela Kayser explica que há algum tempo o setor vem se preparando para reabrir, com ingressos vendidos nos tótens desde quarta-feira. "É um recomeço para a gente. A gente fala que é nossa reinauguração, pois ficamos sete meses parados. Estamos voltando aos poucos, mas felizes de que estamos voltando", observa.

Conforme Maristela, a expectativa é de que o público - que será limitado a 75 lugares por sala - retorne aos poucos até se sentirem cada vez mais seguras para frequentar o ambiente das salas de cinema, que ganharam marcação de distanciamento no trajeto até as poltronas. "No final de cada sessão, a agente vai fazer acompanhamento e direcionamento dos clientes para sair", destaca. 

Fiscalização 

Um funcionário permanecerá na sala orientando e fiscalizando se o público está cumprindo com as recomendações dos protocolos, como uso de máscara e sentando nos lugares indicados na compra do ingresso, que bloqueia automaticamente - após a aquisição do tíquete - duas poltronas à direita, duas à esquerda, uma acima e uma abaixo.


Foto: Ricardo Giusti

"Pessoas da mesma família podem sentar juntos e acontece a mesma dinâmica de bloqueio, com mesmo distanciamento", frisa Maristela. "A orientação é para que as pessoas não troquem seus lugares e mantenham máscaras", adverte, destacando que a primeira sessão será do filme "Como Cães & Gatos 3: Peludos Unidos", às 13h20. 

Ela observa que a dinâmica da saída das salas também foi alterada, com o público entrando por um corredor e se retirando por uma porta ao fundo. Tudo para evitar públicos de sessões diferentes. "AS salas vão ser higienizadas com produto quaternário de amônia de 5ª Geração, que é um produto certificado. Ele aplicado, em média, tem 72 horas de efetividade, mas vamos fazer isso ao final de cada sessão", completa.

O produto é aplicado com sistema de névoa, que é pulverizado no ambiente. "No final de cada sessão vamos fazer esse trabalho. É rápido", revela Apesar disso, o intervalo entre as sessões passou de 15 minutos para 40 minutos. "Os intervalos das sessões serão mais longos", afirma.

Além de "Como Cães & Gatos 3: Pelutos Unidos", também estarão em cartaz o aguardado lançamento "Os Novos Mutantes", o suspense "A Ilha da Fantasi", o argentino "O Roubo do Século" e a animação "Scooby! O Filme". 



Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário