terça-feira, 24 de agosto de 2021

Espanha autoriza entrada de brasileiros vacinados totalmente

 Nova regra entra em vigor a partir desta terça-feira e não exigirá quarentena de quem estiver com imunização completa



Agora é a Espanha que reabre para brasileiros vacinados totalmente, engrossando a lista de países abertos sem exigência de quarentena para quem apresenta a imunização completa, com duas doses ou a dose única. A nova regra entra em vigor amanhã, 24 de agosto. No início do mês, o país da Europa havia anunciado a autorização para viagem de estudantes de longa duração.

Desde o fim de junho, Alemanha, França, Suíça e Canadá já aprovaram a entrada de viajantes 100% vacinados. No caso da Espanha, assim como na Suíça, valem todas as vacinas aplicadas no Brasil. Isso porque o governo espanhol aceita todos os imunizantes aprovados pela União Europeia ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o que inclui a Coronavac.

Na Alemanha, que anunciou ontem a reabertura para viajantes vacinados, os imunizantes têm de ser aceitos pelo Paul-Ehrlich-Instituts (PEI). Mas o instituto responsável pela aprovação de vacinas e medicamentos na Alemanha não emitiu parecer ainda sobre a vacina da chinesa Sinovac. A França aguarda a aprovação do imunizante pela Agência Europeia de Medicamentos (European Medicines Agency – EMA), agência reguladora da Europa, que já aceita Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen. O órgão começou em maio a analisar o imunizante da Sinovac, mas não divulgou seu parecer até o momento.
Espanha sem quarentena ou exame PCR

Os viajantes do Brasil autorizados a fazer turismo na Espanha não precisam cumprir quarentena tampouco apresentar exame PCR negativo. Para a viagem, é preciso esperar 14 dias após a imunização completa e preencher um formulário de controle sanitário (o sistema gera um QR code que deve ser mostrado no embarque e na chegada ao país europeu). O turista também tem de apresentar o comprovante de vacinação em espanhol – veja como emitir o comprovante de vacinação para viagens internacionais.

No aeroporto de chegada à Espanha, a temperatura do viajante será medida, e a documentação, conferida. As autoridades sanitárias do país também podem decidir fazer um teste de antígeno.

Agência Estado e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário