quarta-feira, 17 de maio de 2023

Lula assina decreto de desconto de 25% a agricultores atingidos por estiagem no RS

 Decreto beneficia financiamento de custeio pecuário tomado via Pronaf e não coberto por seguro


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta terça-feira 16, decreto que trata da renegociação de dívidas a agricultores do Rio Grande do Sul que sofrem com estiagem com desconto de 25% nas prestações das parcelas. O anúncio foi feito pelo ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, na tarde desta terça-feira, após ter se encontrado com o chefe do Executivo no Palácio do Planalto.

De acordo com o ministro, o desconto será nas prestações vencidas, nas que estão vencendo e que irão vencer até o final do ano. O valor total será de R$ 230 milhões de recursos que serão "perdoados" nos empréstimos dos agricultores do Estado e 36 mil operações de créditos cobertas. Agricultores já podem procurar as instituições bancárias credenciadas para obter o desconto.

Teixeira disse que Lula também solicitou um trabalho de prevenção dos eventos da seca para o ano que vem. Segundo ele, o presidente deve ir ao Estado em meados de junho para fazer um balanço sobre a medida tomada. "O próximo passo junto ao governo do Rio Grande do Sul é de prevenção dessas secas", disse. 

O presidente da Conab, Edegar Pretto, disse que este é um passo de uma "política permanente de a gente conviver com a seca, não com sofrimento, mas de ter orçamento reservado".

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário