terça-feira, 22 de novembro de 2022

Moraes manda cancelar passaporte do jornalista Allan dos Santos

 Decisão do magistrado pode fazer com que o comunicador fique em situação ilegal nos Estados Unidos, onde está atualmente

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu o passaporte do jornalista Allan dos Santos, que está nos Estados Unidos e tem um mandado de prisão em aberto no Brasil. No despacho, o magistrado determina que o Itamaraty comunique as representações brasileiras no exterior da decisão. A pasta informa que "recebeu ofício do STF determinando o cancelamento do passaporte em questão".

Allan dos Santos viajou legalmente aos Estados Unidos antes de ter a ordem de prisão expedida pelo Supremo. No entanto, sem passaporte, ele pode ser considerado imigrante ilegal no país.

O visto de turismo norte-americano vale por dez anos, mas, a cada vez que se entra na região, o serviço de imigração estipula um prazo para permeância, que não costuma ser superior a seis meses. No entanto, na modalidade de visto de trabalho para profissionais de imprensa, a validade do visto costuma ser de 4 anos e a permanência pode superar os seis meses. A Embaixada dos Estados Unidos não comenta a situação diplomática de brasileiros no país.

Allan dos Santos é investigado por supostamente espalhar fake news e ataques contra a corte e os ministros, além de ser suspeito de usar a internet para propagar desinformação sobre o sistema eleitoral. Na semana passada, ele apareceu em frente ao local de um evento que reuniu ministros do Supremo em Nova York.


R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário