quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Criminosos se passam por policiais para furtar condomínio em Esteio (RS)

 Um dos criminosos foi preso em flagrante; o outro conseguiu escapar levando do local um cofre vazio

A desconfiança de um morador de um condomínio bairro Tamandaré, em Esteio, com um suposto cumprimento de mandado de busca e apreensão em um dos apartamentos do local levou à prisão um criminoso que se passava por policial civil para acessar prédio. O caso aconteceu na manhã de segunda-feira (7), na Rua Castro Alves, a duas quadras da Delegacia de Polícia da cidade. 



A ação dos criminosos foi flagrada pelas câmeras de monitoramento do prédio. Dois homens, vestidos com camisetas e distintivos da Polícia Civil chegaram ao endereço informando ao porteiro sobre o cumprimento da ordem judicial.

Para liberar o acesso, o funcionário do prédio exigiu a apresentação da carteira funcional dos falsos policiais. Um deles ainda chegou a ir até o veículo em que estavam simulando buscar o documento. No entanto, a dupla aproveitou a saída de um morador para entrar no local pelo portão de pedestres.

Desconfiado da invasão no apartamento do vizinho, um morador ligou para a polícia. Agentes da delegacia da cidade foram até o local e se depararam com os criminosos, que haviam entrado no apartamento quebrando a porta.

Um deles, de 34 anos, foi preso em flagrante. Com ele, os policiais apreenderam uma arma. Já o outro suspeito conseguiu escapar levando do local um cofre vazio. O carro usado pelos criminosos foi localizado pelos agentes abandonado no Centro de Sapucaia do Sul. 

O homem preso em flagrante, segundo a delegada Luciane Bertoletti, já possuía vários antecedentes por roubo e associação criminosa. "Questionado sobre sua identidade, ele confirmou aos agentes que não era policial e que estava ali para roubar os condôminos", comenta a delegada.

Jornal VS

Nenhum comentário:

Postar um comentário