quarta-feira, 25 de maio de 2022

IBGE lança processos seletivos com 46 vagas no Rio Grande do Sul

 


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu nesta semana inscrições para dois processos seletivos com 46 vagas distribuídas por 25 municípios do Rio Grande do Sul. As oportunidades de emprego temporário são para trabalhar no Censo 2022, nos cargos de agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e agente censitário de administração e informática (ACAI).

As inscrições para ACM e ACS vão até o dia 1/6 e para ACAI até o dia 31/5. O candidato deve se inscrever pelo site https://www.ibge.gov.br/pss-complementar. Não há pagamento de taxa, nem realização de provas. A seleção será feita por análise de títulos. O requisito mínimo para todas as três funções é ter o ensino médio completo.

O salário para o cargo de agente censitário municipal (ACM), que será o responsável pela coordenação do posto de coleta do Censo em seu município, é de R$ 2,1 mil. Já o vencimento de ACS, que irá supervisionar o trabalho de campo dos recenseadores é de R$ 1,7 mil – mesmo valor que o agente censitário de administração e informática (ACAI), responsável por dar suporte administrativo e de tecnologia da informação.

Além do vencimento, o servidor temporário tem direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e o estabelecido no edital. A contratação deverá ocorrer imediatamente após o processo seletivo, que se encerra no dia 20 de junho. A oportunidade de trabalho tem duração prevista de cinco meses, podendo haver renovação de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

As vagas

O cargo de ACM possui seis vagas, todas de ampla concorrência, nos municípios de Água Santa, Esperança do Sul, Jóia, Miraguaí, São Pedro das Missões e Tupandi. Para ACS são 14 vagas – dez reservadas para pessoas pretas ou pardas e quatro para pessoas com deficiência. Cinco vagas estão em Bento Gonçalves, as demais em Arroio do Meio (2), Arvorezinha (1), Campo Bom (2), Marau (2) e Tapejara (2).

Para o cargo de ACAI são 26 vagas em 19 municípios – quatro delas para pessoas pretas ou pardas, três para pessoas com deficiência e as demais de ampla concorrência. Os municípios de Erechim, Passo Fundo e Santa Rosa possuem três vagas cada. Em Bento Gonçalves há duas vagas. E as demais estão em Arroio do Meio, Arvorezinha, Canela, Guaporé, Ijuí, Montenegro, Nonoai, Nova Prata, Rodeio Bonito, São José do Ouro, São Sebastião do Caí, Sarandi, Tapes, Taquari e Três Passos.

A seleção

A seleção funciona de maneira semelhante para ACM, ACS e ACAI. O candidato deverá comprovar se possui ensino médio completo, que vale 5 pontos; ensino superior incompleto (7 pontos) ou ensino superior completo (10 pontos). As titulações não são cumulativas e a pontuação máxima será de dez pontos.

Em caso de igualdade na nota, os critérios de desempate são, nesta ordem, candidato que tiver idade igual ou superior a sessenta anos completos até o último dia de inscrição, candidato que tiver exercido efetivamente a função de jurado e, por fim, o candidato com maior idade.

Maiores informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas pelo site: https://www.ibge.gov.br/acesso-informacao/institucional/trabalhe-conosco/

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário