domingo, 22 de agosto de 2021

UE pede que Estados-membros aceitem refugiados afegãos

 Comissão irá dar apoio orçamentário aos governos que se oferecerem a ajudar os refugiados


A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, pediu neste sábado (21) a todos os países, principalmente os europeus, para receberem refugiados afegãos e afirmou que os Estados-membros da União Europeia terão o apoio financeiro da Europa.

"Faço um apelo a todos os Estados que participaram das missões no Afeganistão, aos europeus e a outros que concedam limites suficientes de recepção (...) para que possamos agir coletivamente em ajuda daqueles que precisam de proteção", disse Ursula von der Leyen após uma visita à Espanha no centro de recepção de funcionários afegãos da União Europeia em Cabul.

"A Comissão está disposta a considerar os meios orçamentários necessários para apoiar os Estados-membros da União Europeia que se oferecerem a ajudar os refugiados a se instalarem em seu território", continuou, em coletiva de imprensa na base militar de Torrejón de Ardoz (nordeste de Madri), onde este centro de acolhida foi instalado.

Não ficou claro quantos países-membros da UE se comprometeram a receber refugiados afegãos ou se alguns governos se recusaram.

Acompanhada pelo presidente do governo Pedro Sánchez, Von der Leyen e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, visitaram esta base, por onde devem passar todos os afegãos que trabalharam em Cabul para as instituições da União Europeia, junto com suas famílias, antes de serem distribuídos para diferentes países.

Referindo-se ao caráter sensível da questão da imigração na Europa, Michel defendeu o estabelecimento de "migrações regulares e ordenadas". Von der Leyen insistiu que houve "contatos operacionais" entre a União Europeia e o Talibã para "salvar vidas", mas que não houve "nenhum diálogo político" com este movimento e, portanto, "nenhum reconhecimento do Talibã".

Sánchez afirmou, sem fornecer números, que uma certa quantidade de afegãos já foi para outros países, principalmente para a "Dinamarca e outros para os países bálticos".


AFP e Correio do Povo


Benzema sonha com 5ª taça da Liga dos Campeões com o Real Madrid após renovação


Inter confirma sondagem do Celta de Vigo por Thiago Galhardo


Manchester City goleia o lanterna Norwich por 5 a 0


Cruzeiro paga dívida milionária que poderia rebaixá-lo à Série C do Brasileiro


São José empata e segue fora da zona de rebaixamento da Série C


Com campeão Bucks na estreia, NBA divulga o calendário da temporada 2021-2022


Grêmio tem volta de Kannemann contra o Bahia, mas Geromel fica fora dos relacionados


Técnico garante que Cristiano Ronaldo vai ficar na Juventus


Santos oficializa a chegada do atacante Léo Baptistão

Nenhum comentário:

Postar um comentário