quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Grêmio sofre goleada do Flamengo com um a mais e está praticamente fora da Copa do Brasil

 Tricolor fez bom primeiro tempo e sucumbiu totalmente quando tinha vantagem numérica, sofrendo 4 a 0


O reencontro com Renato Portaluppi aconteceu, e foi pior do que as piores expectativas da torcida esperava. Na noite desta quarta-feira, o Grêmio enfrentou o Flamengo, e foi atropelado mesmo com um jogador a mais. Foi goleado por 4 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil e se complicou na competição. Com o resultado, o Tricolor precisa vencer por quatro gols para penalidades e por cinco gols de diferença para avançar à semifinal.

Bruno Viana, após cobrança de escanteio, contou com desvio em Rafinha para abrir o placar. Michael marcou, Rodinei e Vitinho, de pênalti, definiram a vitória dos visitantes. Na etapa inicial, Isla foi expulso. 

O jogo de volta acontece dia 15 de setembro, às 21h30min, no Maracanã. Antes, o Tricolor enfrenta o Corinthians, no sábado, às 21h, na Arena, em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo equilibrado

O Grêmio teve a volta do zagueiro Kannemann para a partida. Ainda sem Geromel, Rodrigues formou a dupla na defesa. Na esquerda, Rafinha foi improvisado mais uma vez, se firmando na função. Com Villasanti e Thiago Santos, a trinca de volantes foi completada por Lucas Silva. No banco de reservas, dois reforços importantes: Ferreira, voltando de lesão, e o recém-contratado Campaz, à disposição de Felipão pela primeira vez. 

Nos primeiros 15 minutos, as melhores chances para abrir o placar foram do Grêmio. Logo a 1 de jogo, Villasanti tentou, e ela sobrou para Borja, que limpou e bateu cruzado, sem ângulo. Depois, foi a vez de Alisson tabelar com o centroavante e receber em condições de finalizar, em chute que passou perto da trave esquerda de Diego Alves.

O jogo mudou de temperatura, e o árbitro não entendeu a mudança. Deixou de aplicar cartões para Alisson e Gustavo Henrique e, minutos depois, a omissão cobrou o preço. Vanderson e Everton Ribeiro se estranharam, e Gabigol chegou empurrando. Mais uma vez, o árbitro preferiu a conversa, e não aplicou advertências.

Ainda no primeiro tempo, o Tricolor teve uma baixa. Douglas Costa sentiu o posterior da coxa esquerda e não conseguiu prosseguir na partida. Bastante chateado, reclamando com ele mesmo, deixou o campo para a entrada de Ferreira, que voltou ao time depois de lesão e polêmica que quase resultou na saída do clube.

O Flamengo começou a ter prejuízo quando Bruno Henrique arrancou, e sentiu o posterior da coxa, sendo substituído. Mas a situação ficou ainda pior quando Alisson foi acionado em lançamento longo e Isla parou a jogada com falta, puxando o adversário. O lateral, que já tinha cartão amarelo, acabou expulso, deixando o Flamengo com um jogador a menos para a etapa final.

Tricolor implode com um a mais

Para tentar corrigir o time com um jogador a menos, Renato promoveu duas trocas no intervalo. Sacou Diego para a entrada do lateral Matheuzinho, para recompor o setor, e sacou o apagado Arrascaeta, que mal participou do jogo na primeira etapa, para a entrada do volante Thiago Maia. 

As trocas melhoraram o Flamengo, que logo chegou ao seu gol. Aos sete minutos, após cobrança de escanteio pela direita, ela sobrou para o zagueiro no segundo pau. Ele dominou e finalizou. O desvio em Rafinha matou Chapecó, e a bola morreu no fundo do gol, abrindo o placar para os visitantes na Arena. 

A resposta do Grêmio foi imediata. Um minuto depois, Alisson foi acionado, avançou com a bola dominada e arriscou de fora da área. A finalização forte bateu no travessão de Diego Alves, quase empatando o confronto. 

Em desvantagem no placar, Felipão também fez suas trocas. O treinador promoveu a estreia do recém contratado meia Campaz. Para tornar o time mais ofensivo, optou por sacar o volante Lucas Silva. Logo depois, optou pelas entradas de Luiz Fernando e Diego Souza, que seguiu jogando com Borja em campo. Alisson, que fez bom jogo, e Thiago Santos, foram os sacados. 

 As mudanças, empilhando jogadores de frente, não funcionaram da maneira esperada. Desprotegido dos volantes na marcação, cedeu espaços para o contra-ataque. Assim, aos 31, por pouco o Flamengo não definiu o jogo. Michael arrancou, e acionou Everton Ribeiro na direita. Ele bateu de primeira, e ela passou muito perto da trave esquerda.

O golpe final veio com o time já muito bagunçado. Em mais um contra-ataque rápido, Michael foi acionado na direita e, livre, desta vez não perdoou. Bateu cruzado, e ela passou embaixo de Chapecó. No fim, Rodinei, de cabeça, anotou. De pênalti, Vitinho ainda teve tempo para definir o placar e encaminhar a ida dos rubro-negros à semifinal da Copa do Brasil.

Copa do Brasil - Jogo de ida das quartas de final 

Grêmio 0

Gabriel Chapecó; Vanderson, Rodrigues, Kannemann e Rafinha; Thiago Santos (Diego Souza), Lucas Silva (Campaz) e Villasanti, Douglas Costa (Ferreira), Alisson (Luiz Fernando) e Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Flamengo 4

Diego Alves; Isla, Bruno Viana, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Matheuzinho), Everton Ribeiro (Vitinho) e Arrascaeta (Thiago Maia); Bruno Henrique (Michael) e Gabriel (Rodinei). Técnico: Renato Portaluppi

Gols: Bruno Viana (7/2T) e Michael (40/2T) e Rodinei (44/2T) e Vitinho (50/2T)

Cartões amarelos: Lucas Silva, Ferreira e Luiz Fernando (Grêmio); Isla, Diego e Gabriel (Flamengo)

Cartões vermelhos: Isla (Flamengo) e Vanderson (Grêmio)

Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 25/08, às 21h30min


Correio do Povo


Tempo começa a abrir no RS a partir desta quinta-feira


Especialista vê avanço da vacinação no RS como positivo, mas alerta sobre risco da Delta


Pacheco rejeita pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes



Depoimento de Roberto Ramos na CPI é marcado por "inconsistências" acerca da FIB Bank


Ednaldo Rodrigues assume provisoriamente e vira 7º presidente da CBF em 10 anos


São Paulo abre 2 a 0, mas permite empate do Fortaleza na Copa do Brasil


Nos 60 anos da Legalidade, ato defende a democracia


Governo dará bônus para quem reduzir consumo de energia em casa


Chuva forte em Porto Alegre afasta público do Rolê da Vacina na Imperadores do Samba


Fachin arquiva ação de Bolsonaro contra abertura de inquérito pelo Supremo


Brigada Militar considera prematura qualquer análise sobre abordagem de PMs em Torres


Conceição aponta redução em casos e áreas afetadas em surto de Covid-19


Leilão dos Correios deve ocorrer no início de 2022, diz secretária de PPI



Brasil registra 903 mortes e 30.671 novos casos de Covid-19 em 24h



MPF investiga testes clandestinos com proxalutamida em pacientes com Covid no Hospital da BM


YouTube afirma ter removido 1 milhão de vídeos "perigosos" sobre Covid-19



Edenilson vê Inter em crescimento e exalta trabalho em equipe


Programa de redução de salários e jornada termina sem prorrogação


Athletico-PR bate Santos e larga na frente por vaga à semifinal da Copa do Brasil



Mobilizações a favor e contra a demarcação de terras em favor dos índios no Norte do RS



Fifa poderá punir ligas e clubes que se recusarem a ceder jogadores às seleções


Senado Federal aprova auxílio para agricultores familiares


Toffoli suspende quebra de sigilo de Wassef pela CPI da Covid


Estudos apontam que máscaras podem reduzir casos de Covid-19 em até 20%, diz Opas


Harry Kane anuncia no Twitter que ficará no Tottenham


Com Ferreira e Kannemann, Grêmio divulga relacionados para confronto contra o Flamengo


Atlético de Madrid contrata o brasileiro Matheus Cunha


Comissão de Ética da CBF afasta Caboclo por "conduta inapropriada"



Gabriel Bandeira conquista o primeiro ouro do Brasil nos Jogos Paralímpicos 2021


Edenilson vê Inter em crescimento e exalta trabalho em equipe


Suspensão de Lindoso abre disputa no meio campo do Inter



Celta de Vigo anuncia a contratação de Thiago Galhardo




Diego Aguirre trabalha a posse de bola e transição com os jogadores do Inter


Nenhum comentário:

Postar um comentário