quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Com gols de Mbappé e Giroud, França goleia Austrália na Copa do Mundo

 Atuais campeões do mundo, os franceses buscam o tricampeonato no Catar

Em busca do tricampeonato, a atual campeã do Mundo estreou com vitória no Catar. Após levar susto no início do primeiro tempo, a França conseguiu se impor contra a Austrália e fez valer a sua qualidade técnica para golear por 4 a 1, no estádio Al Janoub. Os gols foram marcados por Rabiot, Giroud, duas vezes, e Mbappé. Goodwin descontou.

Com o resultado, os europeus assumiram a liderança do Grupo D, com três pontos. Já os australianos estão na lanterna, com nenhum ponto. Mais cedo, Dinamarca e Tunísia empataram por 0 a 0 e dividem a segunda e terceira colocação.

A Seleção Francesa volta a campo no sábado, às 13h (horário de Brasília), para enfrentar a Dinamarca. Já a Seleção Australiana encara a Tunísia, também no sábado, porém mais cedo, às 7h (horário de Brasília).

França leva susto, mas vira

Atual campeã do mundo, a França iniciou a partida no ataque. Com jogadas pelo lado esquerdo, Mbappé levava perigo. Porém, na primeira chegada, a Austrália chegou ao gol. Aos 8, Leckle recebeu lançamento pela direita, passou por Lucas Hernández e cruzou para Goodwin. O camisa 13 fuzilou Lloris e abriu o placar, 0 a 1.

No lance do gol, Lucas Hérnandez torceu o joelho e precisou ser substituído por Theo Hérnandez. Mais um problema para os franceses, que já perderam Benzema, Nkunku, Kanté e Pogba antes do Mundial.

Bem postada defensivamente, a Austrália não dava espaços para os franceses criarem oportunidades e aproveitava os erros para chegar com perigo. Em um desses erros, aos 21, quase aumentou o placar. Theo Hernández saiu jogando errado, Duke aproveitou e soltou a bomba da entrada da grande área. A bola passou perto da trave esquerda de Lloris.

Com dificuldades para chegar pelo chão, a França empatou o jogo na bola aérea. Aos 26, Theo Hernández cruzou da esquerda e Rabiot desviou de cabeça para o fundo das redes, 1 a 1. A virada não demorou para acontecer. Aos 31, a Austrália saiu jogando errado, Rabiot recuperou e serviu Giroud. O camisa 9 só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio, 2 a 1.

Os minutos finais do primeiro tempo foram de chances reais de gol para ambos os lados. Primeiro, aos 44, Griezmann rolou para Mbappé na pequena área, mas o camisa 10 finalizou muito mal, por cima do gol. Dois minutos depois, a Austrália quase empatou. McGree cruzou da esquerda e Irvine completou de cabeça. A bola, caprichosamente, beijou a trave direita de Lloris.

Virou goleada

Mesmo com a vantagem, a França voltou melhor para a etapa final e quase fez o terceiro gol. Aos 4, Theo Hernández cruzou da esquerda e Giroud, de voleio, finalizou para fora. Quase que o camisa 9 marca um belo gol no estádio Al Janoub.

Melhor tecnicamente, os franceses seguiram no ataque em busca do terceiro gol. Aos 15, Mbappé tabelou com Giroud e recebeu na grande área. Porém, foi travado na hora da finalização. Sete minutos depois, o camisa 10 não perdoou. Em cruzamento de Dembélé, o craque francês desviou de cabeça para o fundo das redes, 3 a 1.

Não deu nem tempo de comemorar o terceiro gol e logo saiu o quarto. Aos 25, Mbappé fez ótima jogada pela esquerda e cruzou na cebeça de Giroud, 4 a 1. O camisa 9 se tornou o maior artilheiro da França na história, com 51 bolas na rede — ao lado de Henry.

Sem poder de reação na partida, a Austrália quase levou o quinto gol no final da partida. Aos 44, após cruzamento da esquerda, Konaté desviou de cabeça para grande defesa do goleiro Ryan.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário