quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Oito criminosos morrem em troca de tiros com a Rone da Polícia Militar em Curitiba

 Todos eram integrantes da facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC)



Oito criminosos morreram em dois confrontos com policiais militares na noite dessa quarta-feira em Curitiba, no Paraná. Os bandidos já tinham antecedentes e faziam parte da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC). Os tiroteios ocorreram nos bairros Caximba e Cajuru com os efetivos das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) da Polícia Militar do Paraná.

Segundo informações da RICtv, um tribunal do crime era planejado para esta quinta-feira. Oito indivíduos fortemente armados pretendiam executar um antigo cúmplice, que recentemente passou para a facção carioca Comando Vermelho. No entanto, a equipe de inteligência da PM descobriu e conseguiu localizar os suspeitos em Curitiba.

No primeiro confronto, registrado na estrada Delegado Bruno de Almeida, no bairro Caximba, os policiais militares depararam-se com dois criminosos, que tentaram fugir em um Fiat Palio. Houve troca de tiros e ambos foram baleados e morreram.

Já na rua Domênico Tonato, no bairro Cajuru, outros seis membros da facção organizavam o tribunal do crime em uma residência. O efetivo da Rone encontrou um Volkswagen Fox roubado, que estava estacionado em frente da casa, que era usada como “quartel-general”. Na tentativa de abordagem, um novo confronto aconteceu e os seis suspeitos foram mortos.

Nesta moradia, três pistolas, três revólveres, dois coletes balísticos e oito tabletes de maconha foram apreendidos. Conforme a Rone, o homem que seria alvo da execução não foi localizado.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário