segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Grêmio pedirá anulação da partida contra São Paulo e investigação sobre escala do árbitro de VAR

 Decisão foi comunicada neste domingo pelo presidente do clube Romildo Bolzan Jr.




O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., comunicou neste domingo que o clube pedirá a anulação da partida contra o São Paulo pelo Brasileirão, ocorrida na noite deste sábado. Em nota, Bonzan também afirmou que o Tricolor também pedirá investigação da reunião realizada entre membros da CBF com a parte responsável que motivou a mudança na escala do árbitro do VAR.

"Equívocos, descritérios, erros e a omissão do VAR em lances capitais da partida colocam a arbitragem brasileira sob suspeição", disse o presidente sobre a partida que, segundo o clube, teve arbitragem "desastrosa e danosa". Ontem, após a partida, Romildo Bolzan utilizou a rede social para direcionar críticas. "O resultado do jogo não refletiu a partida. A troca do quadro de arbitragem comprometeu o crédito da arbitragem brasileira de seus comandantes. O Grêmio foi flagrantemente prejudicado, embora os critérios: pênaltis, cartões e critérios de avaliações, sem falar no VAR, novamente omisso. Deslegitimou, desacreditou a arbitragem e o crédito do futebol brasileiro pelo antecedente da influência do São Paulo na troca do quadro arbitral. Chega. Sem mais mais espaços para imoralidades”, escreveu. Já o técnico Renato Portaluppi, que acompanhou o time de perto, evitou falar sobre a arbitragem momentos após a partida.

A partida com o time paulista pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou em 0 a 0 no Morumbi. Com o resultado, os gremistas, que ocupavam a 11ª posição, conquistaram um ponto, chegando a 21 na competição.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário