segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Armênia e Azerbaijão irão respeitar cessar-fogo a partir de segunda-feira

 Estados Unidos informou sucesso nas negociações diplomáticas



Os Estados Unidos convenceram Armênia e Azerbaijão a respeitar um cessar-fogo no conflito de Nagorno Karabakh a partir desta segunda-feira. A informação foi confirmada neste domingo pela diplomacia norte-americana.

O vice-secretário de Estado, Stephen Biegun, se reuniu no sábado com os ministros das Relações Exteriores dos dois países inimigos e com os co-presidentes do Grupo de Minsk (França e Rússia), informou o departamento em comunicado. A nota explicou que o cessar-fogo entrará em vigor a partir das 8h (1h de Brasília) de segunda-feira, após o cessar-fogo anterior ter sido interrompido no sábado, devido a acusações de ambas as partes de violação.

O Grupo de Minsk foi formado em 1992 pela Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) com o objetivo de se tornar o principal mediador no conflito. As tensões atuais em Nagorno Karabakh, reconhecido internacionalmente como parte do Azerbaijão, mas controlado por separatistas armênios, começaram em 27 de setembro.

Os dois países se acusam mutualmente de atacar a população civil desde o início das hostilidades, em 27 de setembro, nesta região montanhosa do Azerbaijão. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, encontrou-se separadamente com os chanceleres da Armênia e do Azerbaijão na sexta-feira, insistindo que "ponham um fim à violência" para "proteger os civis".

Alguns dias antes, o chefe da diplomacia do país norte-americano havia dito que esperava que a Armênia pudesse "defender-se" contra o Azerbaijão, dando a impressão de que estava apoiando uma das partes do conflito.

 

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário