terça-feira, 19 de maio de 2020

Empresa é interditada em São Leopoldo após surto de contaminação em funcionários

Foram confirmados dois casos de coronavírus e um terceiro aguarda o resultado da análise

Empresa será fechada por tempo indeterminado em São Leopoldo

Uma empresa foi interditada na cidade de São Leopoldo por conta de um surto de contaminação por coronavírus em funcionários do local. Segundo a prefeitura municipal, a ITECÊ, indústria de equipamentos agrícolas, localizada no bairro Santo André, está fechada por tempo indeterminado. Foram confirmados dois casos em funcionários e um terceiro caso ainda aguarda o resultado da análise. 
O fechamento de empresas, por conta da confirmação de casos de Covid-19, está previsto no Decreto Municipal Nº 9.560, que determina que os casos confirmados devem ser informados à Secretaria de Saúde pelas empresas, e ainda regulamenta medidas de reabertura destes locais que apresentarem dois ou mais casos. 
Segundo a Secretaria de Saúde, a ITECÊ não informou os casos positivos e, permanecerá fechada até que realize todas as medidas do protocolo, como a testagem de funcionários e colaboradores, a sanitização dos ambientes por empresa especializada e apresente um plano de contingência que defina como a indústria voltará a funcionar garantindo a segurança e saúde de todos os funcionários. 
Todos os trabalhadores serão contatados para a realização de testagem no Centro Municipal de Testagem para Casos de Surto, ainda nesta semana. “Colocamos à disposição da empresa e seus colaboradores o nosso Centro de Testagem, que já conta com equipe estruturada para testar todos os 90 funcionários da empresa entre esta quinta-feira e sexta-feira”, informa o secretário de Saúde, Ricardo Charão. 

Manifestação da empresa 

Segundo o diretor da ITECÊ, Sérgio De Bortoli Galera, todas as medidas de proteção estavam sendo tomadas no ambiente de trabalho. "Certamente o contágio não ocorreu dentro da nossa empresa, pois todos estão trabalhando com máscara e protetores faciais, em um ambiente higienizado. Até mesmo o refeitório foi fechado e cada funcionário recebe uma refeição separada", explica. 
O diretor destacou que os testes nos funcionários contaminados foram realizados durante o final de semana e a empresa não teve como comunicar a prefeitura pois não teve acessos ao resultados. "Vamos seguir este protocolo para retomar nossas atividades assim que possível", afirma Sérgio, salientando que a empresa conta com 95 colaboradores.
A prefeitura segue com a equipe de força-tarefa em permanente atuação, formada pela Vigilância em Saúde, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológia e Guarda Civil Municipal. A notificação dos casos deve ser feita pelo e-mail cvs@saoleopoldo.rs.gov.br, ou pelo telefone 3589 6556 da Vigilância em Saúde do Município.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário