domingo, 11 de agosto de 2019

Venezuela recebe outro envio de ajuda humanitária da Cruz Vermelha

Venezuela sofre com hiperinflação e terminará 2019 em 1.000.000%, segundo FMI

Maduro e seus aliados atribuem carências às sanções impostas pelos Estados Unidos

Maduro e seus aliados atribuem carências às sanções impostas pelos Estados Unidos | Foto: Federico Parra / AFP / CP

PUBLICIDADE

Um quarto carregamento de ajuda humanitária chegou nesta sexta-feira à Venezuela, procedente do Panamá, informou a Cruz Vermelha, que já soma 100 toneladas de assistência enviadas ao país com o objetivo de mitigar a profunda crise. A remessa, que chegou ao porto marítimo de La Guaira, 30 km ao norte de Caracas, contém 11 toneladas de insumos médicos, mosquiteiros para combater a malária e sistemas automáticos de geradores elétricos, segundo um comunicado da organização.

"Com esta ajuda, queremos chegar a quem mais necessita de forma neutra, imparcial e independente", disse Mario Villarroel, presidente da Cruz Vermelha venezuelana, citado no texto.

A primeira carga de ajuda, com 34 toneladas, chegou em abril, pouco depois de o presidente Nicolás Maduro acordar com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) na entrada da ajuda para este país castigado pela pior crise de sua história recente. Esta quarta remessa segue a outros que chegaram em junho e julho.

"São insumos geridos pela Federação Internacional da Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho através do centro logístico da Federação no Panamá", explicou à AFP um porta-voz do organismo. A ajuda foi distribuída em 24 centros de saúde em 16 estados da Venezuela, com o objetivo de beneficiar 650.000 pessoas ao ano, destacou o comunicado.

A Venezuela sofre com um delicado quadro de hiperinflação, que terminará 2019 em 1.000.000%, segundo o FMI. A crise encontra sua face mais frágil na dificuldade em encontrar medicamentos, alguns escassos, e outros inatingíveis para a maioria da população.

Maduro e seus aliados atribuem as carências às sanções impostas pelos Estados Unidos, que se intensificaram nesta semana com um bloco a seus ativos no país norte-americano e ações contra qualquer empresa que negocie com o governo socialista. Washington pressiona pela queda de Maduro, a quem considera ilegítimo, e reconhece, junto com 60 países, a Juan Guaidó como presidente interino.


AFP e Correio do Povo


Janaina: "Depois de ler a matéria da Crusoé, concluo que talvez sejamos trouxas mesmo"

No Twitter, Janaina Paschoal demonstrou perplexidade com as mordomias de altas autoridades do Judiciário bancadas pela Itaipu, como revelado pela... [ leia mais]

Exclusivo: Os contratos do presidente da OAB

A Petrobras celebrou dois contratos com o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, durante a gestão da Graça Foster.Um foi firmado em 2013, no... [ leia mais]

PT quer impedir Petrobras de revogar contratos com presidente da OAB

O PT vai entrar com um requerimento no TCU para tentar suspender a decisão da Petrobras de romper contrato com o escritório do presidente da OAB,... [ leia mais]

Desaprovação de governo Bolsonaro oscila para 38%

Levantamento da XP/Ipespe mostra que o índice que separa a reprovação da aprovação do governo Jair Bolsonaro é o maior desde o início do... [ leia mais]

Alemanha vai suspender projetos de preservação na Amazônia

Em entrevista ao jornal Tagesspiegel, a ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, afirmou que o país europeu vai suspender o... [ leia mais]

Itaipu: uma usina de mordomias para a cúpula do Judiciário

Hotéis cinco estrelas, voos em classe executiva, férias esticadas e palestras remuneradas.Documentos obtidos com exclusividade pelos... [ leia mais]

“Isso é coisa do capeta”, diz Bolsonaro sobre ideologia de gênero

Durante discurso na Marcha para Jesus em Brasília, Jair Bolsonaro pediu ao governador Ibaneis Rocha (DF) que não introduza nas escolas temas como... [ leia mais]

Compromisso com Bolsonaro é endurecer o combate ao crime organizado, diz Moro

Sergio Moro disse ao Estadão que seu compromisso com Jair Bolsonaro é endurecer o combate ao crime.A declaração ocorreu depois que começaram... [ leia mais]

Bolsonaro: “Eu, Johnny Bravo, sou cristão”

Em seu discurso na Marcha para Jesus, Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que a população “a todo momento” ouve a “esquerdalha do PT, PCdoB,... [ leia mais]

Marcos Cintra nega que tributo seja nova CPMF: “Balela”

Marcos Cintra, secretário da Receita Federal, disse ser “balela” chamar a CP (Contribuição Previdenciária), novo imposto a ser criado pelo... [ leia mais]

Nenhum comentário:

Postar um comentário