domingo, 11 de agosto de 2019

Bolsonaro afasta possibilidade de nomear Eduardo no Itamaraty

Presidente informou que pretende indicar próximo titular da PGR na próxima semana

Bolsonaro reforçou que não pretende indicar o filho Eduardo Bolsonaro para o Ministério das Relações Exteriores

Bolsonaro reforçou que não pretende indicar o filho Eduardo Bolsonaro para o Ministério das Relações Exteriores | Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados / CP Memória

PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro reforçou, neste sábado, que não pretende indicar o filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o Ministério das Relações Exteriores, caso o parlamentar não tenha a indicação para a embaixada brasileira nos Estados Unidos aprovada. "Você sabe que eu posso nomeá-lo hoje, hoje não que não tem Diário Oficial, nosso ministro das Relações Exteriores. Não pretendo fazer isso aí", comentou.

Enem

Ao ser questionado sobre a diretoria responsável pelo Enem no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que está sem titular desde maio, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo, Bolsonaro respondeu que "às vezes é bom uma coisa sem comandante do que um péssimo comandante".

O presidente declarou que não estava dizendo que era melhor a diretoria ficar sem titular. "Não estou dizendo que é melhor assim, de vez em quando uma coisa é melhor não ter comandante do que ter."

"Futuro PGR não será alinhado com o governo, mas com o Brasil"

Bolsonaro declarou que o futuro chefe da Procuradoria-Geral da República (PGR) não será alinhado com o governo, mas com o Brasil. Ele pretende indicar o próximo titular da PGR na semana que vem.

"Não é com o governo, é com o Brasil", respondeu Bolsonaro, quando questionado se o escolhido será alinhado com o governo. "É igual meus ministros; não estão alinhados comigo. Cada ministro conhece a sua pasta. Agora todos que vieram trabalhar comigo sabiam que eu era contra o Estatuto do Desarmamento, o que eu pensava de tudo, sabiam disso aí."

Ontem, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, afirmou que a PGR "se apequenou" com "questão menores". Questionado sobre a declaração, Bolsonaro falou que Oliveira é seu irmão. Ele concordou com o ministro quando este disse que a escolha do PGR será a mais importante do mandato. "Lógico, é igual casamento, né?", disse Bolsonaro.


Agência Estado e Correio do Povo


GRAVATAÍ

Duas pessoas morrem em acidente provocado por motorista embriagado

CIDADES

Homem é morto a tiros em Santa Maria

CORREIO FEMININO

Porto Alegre recebe workshop gratuito de mecânica para mulheres

ARTE & AGENDA

Netflix libera primeiro episódio de "Sintonia" no YouTube

ARTE & AGENDA

Série "Baywatch" vai virar documentário

ARTE & AGENDA

Porto Alegre recebe sessão de cinebiografia de Madonna

ARTE & AGENDA

HBO GO libera download de séries e filmes na plataforma

ARTE & AGENDA

Viola Davis anuncia que fará adaptação de "O Beijo no Asfalto", de Nelson Rodrigues

ARTE & AGENDA

Edgar Allan Poe é tema de bate-papo literário no Instituto Ling

Nenhum comentário:

Postar um comentário