terça-feira, 15 de novembro de 2022

Temer diz que Lula deveria chamar Bolsonaro para ajudar no governo

 Michel Temer abriu o evento organizado pelo LIDE - Grupo de L�deres Empresariais, em Nova York

O ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deveria chamar Jair Bolsonaro (PL) para ajudar no novo governo. A declaração foi feita no evento LIDE - Grupo de Líderes Empresariais, em Nova York, nesta segunda-feira (14/11).

“Eu compreendo bem as angústias do presidente eleito, mas, em vez de fazer críticas ao atual, deveria chegar e dizer: 'Peço sua colaboração'. Chamá-lo, até: 'Venha governar comigo, auxiliar no governo, conversar, reconstruir o Brasil”, disse Temer.



O ex-presidente ainda afirmou que o Brasil tem ignorado o texto da Constituição devido a episódios de violências políticas.

 

“A polarização está no campo do embate de ideias, e por isso é útil ao país. O que temos assistido aqui é à radicalização. Quando eu falo em pacificação do país, não é porque eu particularmente queira pacificá-lo, mas porque eu sou servo da Constituição Federal, e é a Constituição Federal que prega a ideia de paz”.

 

LIDE

 

Michel Temer abriu o evento promovido pelo LIDE - Grupo de Líderes Empresariais, fundado por João Dória, ex-governador de São Paulo. 

 

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) também estiveram presentes. Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Luís Roberto Barroso foram hostilizados por compatriotas em meio a protestos pela derrota de Bolsonaro.

 

Michel Temer também foi hostilizado e xingado de “ladrão” por pessoas que o esperavam na porta de um hotel.  


Estado de Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário