quarta-feira, 9 de novembro de 2022

Moraes se reúne com procuradores que investigam financiamento de protestos em rodovias

 Representantes do Ministério Público foram ao tribunal repassar a identificação de autores e financiadores das manifestações



O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se reúne nesta terça-feira com procuradores-gerais de três estados para tratar das manifestações antidemocráticas organizadas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) em protesto contra o resultado das eleições.

De acordo com informações do TSE, os procuradores foram até a Corte repassar informações sobre a identificação de autores e financiadores dos atos que se concentram no bloqueio de estradas e na frente de quartéis militares. O encontro começou por volta das 11h30min, na sede do Tribunal, em Brasília. Além de Moraes, participam Mario Luiz Sarrubo, procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando da Silva Comin, procurador-geral de Justiça de Santa Catarina, e Luciana Gomes Ferreira, procuradora-geral de Justiça do Espírito Santo.

Por ordem do TSE, a Polícia Rodoviária Federal e as forças de segurança dos estados e do Distrito Federal atuam desde a semana passada para desobstruir vias. Também foi fixada multa de R$ 100 mil para os proprietários dos caminhões e a obrigatoriedade de identificação dos motoristas e empresas.

R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário