quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Ministério da Economia vai injetar R$ 37 milhões para retomar a impressão de passaportes

 Serviço está suspenso desde a última sexta-feira, 18, por falta de recursos

Ministério da Economia vai injetar R$ 37 milhões para a impressão de passaportes feita pela Polícia Federal (PF). A informação foi concedida nesta terça-feira, 22, pelo secretário especial de Tesouro e Orçamento da pasta, Esteves Colnago. O serviço está suspenso desde a última sexta-feira, 18, por falta de recursos. Mesmo com o montante que reforçará de imediato, é necessário mais R$ 37 milhões para atender à demanda de passaportes. Essa quantia, no entanto, depende de aprovação de projeto de crédito suplementar pelo Congresso Nacional. Colnago afirmou que se reuniu com o presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso, o deputado Celso Sabino (União Brasil-PA), que segundo ele, se comprometeu a agilizar o processo para garantir o recurso até o fim deste ano. O secretário de Orçamento Federal do Ministério da Economia, Ariosto Culau, disse que a impressão de passaporte é um serviço essencial do governo. “Não vamos ficar sem emissão de passaporte, vai ser suplementado”, frisou.

Fonte: Jovem Pan - 22/11/2022 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário