quinta-feira, 8 de setembro de 2022

Manifestações pró-governo reúnem multidões em Porto Alegre, Brasília, SP e Rio

 Presidente Jair Bolsonaro discursou em carro de som após desfile cívico-militar, em Brasília, e segue para o Rio de Janeiro



O bicentenário da independência do Brasil foi marcado por atos pró-governo nas principais capitais do país. Em Brasília, foi realizado um desfile cívico-militar com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, seu vice na chapa, general Braga Netto, e ministros de Estado. O Palácio do Planalto estima que mais de 1 milhão de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios para comemorar o 7 de Setembro.

Após o desfile, em Brasília, Bolsonaro discursou aos apoiadores, ocasião na qual exaltou programas sociais implantados durante o governo — como o Auxílio Brasil —, comentou a diminuição no preço da gasolina e afirmou que "joga dentro das quatro linhas" da Constituição, em referência às eleições de outubro.

"O povo está do lado do bem e sabe o que quer", comentou. "Aqui em Brasília, temos a origem de todas as leis e estou muito feliz em ter ajudado a chegar até vocês a verdade e mostrado que o conhecimento também liberta. Hoje, todos sabem o que é o Poder Executivo, a Câmara dos Deputados, o Senado e o Supremo Tribunal Federal", disse.

Porto Alegre

Manifestantes pró-Bolsonaro ocupam a avenida Goethe, junto ao Parcão, em Porto Alegre, para realizar ato de apoio ao presidente Bolsonaro nesta quarta-feira. Há pelo menos três carros de som. Muitas pessoas com bandeiras do Brasil e roupas verde-amarelas. Há cartazes sendo distribuídos com frases como "Supremo é o Povo", "Liberdade não se ganha, se conquista" e replicando painel retirado de prédio no centro por decisão da Justiça Eleitoral.

São Paulo

Em São Paulo, manifestantes se reuniram na Avenida Paulista para demonstrar apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Mais cedo, houve um desfile cívico-militar na Avenida Dom Pedro Primeiro, no bairro do Ipiranga, para celebrar o bicentenário da independência do Brasil. Assim como em Brasília, o desfile foi o primeiro após o início da pandemia da Covid-19.

Rio de Janeiro

Após participar do desfile em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro segue para o Rio de Janeiro para participar de uma cerimônia em comemoração ao Bicentenário da Independência, em Copacabana. Não haverá desfile no local. Apoiadores já estão na região aguardando a chegada do chefe do Executivo.

Rainha Elizabeth

O bicentenário da independência do Brasil foi lembrado pela rainha Elizabeth, do Reino Unido, que enviou felicitações ao presidente Jair Bolsonaro ao povo brasileiro. A mensagem foi divulgada pela embaixadora interina da Grã-Bretanha em Brasília, Melanie Hopkins, em sua conta no Twitter (veja abaixo). 



Na mensagem, a rainha recorda a viagem que fez para o Brasil em 1968: “Em meio à celebração da importante ocasião dos 200 anos de independência, gostaria de parabenizar Vossa Excelência e enviar minhas felicitações ao povo da República Federativa do Brasil, lembrando com carinho minha visita ao país, em 1968. Que continuemos trabalhando com esperança e determinação para superar os desafios globais juntos”.



R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário