terça-feira, 6 de setembro de 2022

Fachin restringe número de armas de fogo após decretos de Bolsonaro

 O ministro do STF, Edson Fachin, ordenou nesta segunda-feira (05), a suspensão dos decretos realizados pelo governo Jair Bolsonaro sobre os CACs (caçadores, atiradores e colecionadores). Com a decisão do magistrado, o número de armas de fogo e munições obtidas pelo grupo será restrito. A justificativa dada pelo membro da Suprema Corte em sua decisão, segundo documentos aos quais a equipe de reportagem da Jovem Pan teve acesso, foi o aumento do “risco de violência política” durante a campanha eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário