terça-feira, 6 de setembro de 2022

Aras se reúne com representantes da Abin fora da agenda para discutir 7 de Setembro

 Encontro nesta segunda-feira teve como tema central o feriado da Independência e discussões sobre eventuais atos violentos



O procurador-geral da República, Augusto Aras, se reuniu nesta segunda-feira com representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) fora da agenda oficial. De acordo com informações obtidas pelo R7 e pela Record TV, as manifestações de 7 de Setembro foram o tema do encontro.

Augusto Aras teria recebido informações da Abin, da Polícia Federal e da Secretaria de Segurança do Distrito Federal sobre os riscos de atos extremistas em razão da data. Manifestações foram convocadas em diversas cidades do país, sendo a maioria delas em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Os atos de apoio ao governo devem ocorrer principalmente em Brasília, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Na capital, caminhões e ônibus já começaram a chegar para a manifestação na Esplanada dos Ministérios na quarta-feira. A via que dá acesso ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso foi fechada no começo da noite desta segunda-feira pela Polícia Militar.

O Supremo não terá expediente na véspera do feriado e no dia do centenário da Independência. No entanto, equipes de segurança, inclusive, apoiadas por autoridades policiais e de inteligência estarão de prontidão para proteger as estruturas e avaliar possíveis riscos. Os ministros não estarão nos gabinetes nesta quarta-feira.

Esquema de segurança

Com público esperado estimado em 280 mil pessoas, a Esplanada dos Ministérios terá o esquema de segurança reforçado neste 7 de Setembro. A data é marcada pela volta dos desfiles cívico-militares presenciais — após dois anos suspensos por causa da pandemia —, e por manifestações de apoiadores do governo.

Além do esquema de segurança reforçado em toda a área da Esplanada, com atiradores de elite e esquadrão antibomba, também há atenção especial para o Supremo Tribunal Federal (STF). Nos últimos meses, a Secretaria de Segurança da corte realizou ações especializadas para identificar, avaliar e acompanhar ameaças reais ou potenciais durante os atos.

Às vésperas do feriado, o setor hoteleiro do Distrito Federal já está com lotação de 81%. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), a ocupação da rede no DF pode chegar a 90% nos próximos dias. O levantamento da instituição leva em consideração os hotéis localizados no Plano Piloto e em regiões próximas como Águas Claras e Taguatinga. Apesar das taxas elevadas para o período, o índice é inferior ao observado em 2021. No ano passado não houve desfile na Esplanada. Mas houve manifestações na área central da cidade.

R7 e Correio do Povo


Dólar recua 0,59% e encerra cotado a R$ 5,15


Terça-feira será de chuva no RS


Pesquisa revela cenário eleitoral na disputa pelo governo do RS

Levantamento mostra disputa eleitoral por vaga no Senado pelo RS


Entenda o funcionamento das urnas eletrônicas e o esquema de segurança dos equipamentos


Barroso marca julgamento do piso nacional da enfermagem para sexta-feira


Quatro candidatos ao Senado participam de painel no RS


Juiz acusado de assédio sexual e estupro por ao menos 96 mulheres volta ao trabalho e é transferido


Vereadores aprovam lei que dá nome de Filósofo Olavo de Carvalho a rua da Capital


Menino de três anos morre ao cair do quarto andar de shopping em Cruz Alta



Whatsapp contrata 200 advogados para responder pedidos da Justiça


Suplente deve assumir disputa ao Senado pelo PSB


Brasil ganha material biológico para vacina contra varíola dos macacos


Saiba mais sobre a legionelose, doença que causou quatro mortes em hospital privado da Argentina


Seleção feminina goleia em segundo amistoso contra África do Sul


Presidente do Peru se apresenta ao Ministério Público, mas não responde perguntas


Natação: Brasil iguala melhor campanha da história em Mundiais Júnior


Explosão de bomba caseira deixa ao menos 35 mortos em Burkina Faso


Mbappé garante relação de respeito com Neymar no PSG: "Momentos frios e quentes"


Morre o jornalista Luiz Arnim Schuch, aos 82 anos


Um dos suspeitos de ataques a faca é encontrado morto no Canadá


Nenhum comentário:

Postar um comentário