quarta-feira, 3 de agosto de 2022

TSE autoriza acesso da Defesa ao código que permite a coleta do voto da urna

 Técnicos da pasta devem ser levados ao TSE nesta quarta-feira para reunião fechada sobre o sistema de votação do equipamento



O Tribunal Superior Eleitoral autorizou o acesso de militares das Forças Armadas ao código-fonte das urnas eletrônicas, termo técnico para designar a base da programação que admite o funcionamento do programa que permite a coleta do voto dos eleitores. De acordo com informações obtidas pela Record TV e pelo R7, o acesso deve ocorrer durante uma reunião fechada na sede do Tribunal, em Brasília, às 10 horas desta quarta-feira (3).

A abertura será feita após a área técnica do TSE atender ao pedido do Ministério da Defesa, que solicitou a permissão de maneira "urgentíssima" por meio de um ofício enviado à Corte. A Defesa informou que precisava ter o pedido atendido, no máximo, até o dia 12 deste mês.

O acesso ao código-fonte da urna estava autorizado desde o ano passado aos integrantes da Comissão de Transparência das Eleições, que inclui os militares. No entanto, era necessária a solicitação, segundo informações repassadas pelo Ministério da Defesa.

Além da permissão para verificar o código que permite o funcionamento dos equipamentos de votação, os militares pediram acesso e dados do Sistema de Apuração (SA), do Sistema de Votação (VOTA), do Sistema de Logs de aplicações SA e VOTA e do Sistema de Totalização (SisTot), que serão utilizados no processo eleitoral deste ano.

Os pedidos fazem parte de uma série de questionamentos e recomendações à Justiça Eleitoral sobre o pleito de outubro. É a primeira vez, em 26 anos de adoção da votação eletrônica, que as Forças Armadas apresentam questionamentos sobre segurança, integridade e auditoria das urnas eletrônicas.

Programação das teclas

Por meio do código-fonte, se programa as respostas do equipamento às teclas apertadas pelo eleitor, assim como se inclui nomes, fotos e números dos candidatos em níveis federais e estaduais. A urna não é conectada à internet, mas o código usado em todos os equipamentos é o mesmo, programado pelo TSE e inserido nos equipamentos.

Correio do Povo


Mega-Sena acumula e poderá pagar R$ 6 milhões


Frente quente traz nebulosidade e chuva ao RS nesta quarta-feira


Laudo prévio aponta risco de desabamento do Esqueletão, no Centro de Porto Alegre


Câmara aprova MP que flexibiliza regras em estado de calamidade



STF faz nova audiência de conciliação sobre cobrança do ICMS


Show no mar: baleias-francas são avistadas em número recorde em Torres


Após cassação de deputados do Avante, caso envolvendo Janones será analisado pelo TSE


Manifestantes pedem justiça em caso de importunação sexual em Alvorada



União Brasil lança candidatura de Moro ao Senado pelo Paraná


China convoca embaixador dos EUA por visita de Pelosi a Taiwan


Dupla execução provoca tumulto e deixa uma mulher ferida em Porto Alegre


Leite entra em campo para evitar saída do União Brasil da coligação


Taiwan informa 21 incursões aéreas chinesas no dia de chegada de Pelosi


STJ confirma que Rio deve indenizar família do pedreiro Amarildo


Polícia espanhola investiga onda misteriosa de ataques a mulheres em casas noturnas


Sport busca empate com Criciúma com gol de Vágner Love


Mara Gabrilli é confirmada como vice na chapa de Simone Tebet


Corinthians oferece pagar 100% do salário de Luan para emprestá-lo ao Santos


Serra Gaúcha tem dois casos confirmados de varíola do macaco


Luiz Fernando marca e Atlético-GO vence o Nacional na estreia de Suárez


O musical "Pink Floyd - The Wall Live" chega ao Brasil pela primeira vez


Com temperaturas amenas, lojistas antecipam liquidações de inverno em Porto Alegre


James Webb: Nasa divulga imagem de galáxia "Roda de Carro" feita pelo telescópio



Nenhum comentário:

Postar um comentário