quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Grêmio goleia Operário e chega a 17 jogos de invencibilidade na Série B

 Tricolor faz 5 a 1 na Arena e agora é vice-líder da competição



O Grêmio segue confortável no G-4 da Série B. A goleada por 5 a 1 sobre o Operário, na Arena, na noite desta terça-feira, também amplia a expressiva marca de invencibilidade na competição: o Tricolor chega a 17 jogos sem perder. Há quase um turno sem perder, o Tricolor vai a 43 pontos, e abre dez pontos para o quinto colocado.

Depois de um começo pouco organizado, Campaz abriu o placar no fim do primeiro tempo. No início da etapa final, Diego Souza marcou mais uma vez, e o terceiro foi de Biel. Elkeson marcou duas vezes no fim e decretou a goleada. Kalil anotou o de honra para os visitantes.

O Grêmio volta a campo no sábado, quando enfrenta o CRB, no Estádio Rei Pelé. A partida, válida pela 24ª rodada da Série B, acontece às 20h30min.

Pressão incomoda o Tricolor, mas Campaz marca no fim 

Mesmo com a volta de Bitello de suspensão, Roger Machado optou por manter Lucas Leiva, de boa atuação na vitória por 2 a 1 sobre o Guarani, no time titular. Desta forma, o time foi o mesmo que venceu a partida em Campinas, com o atacante Guilherme também entre os 11 iniciais. O lateral Nicolas, que era dúvida justamente por ter saído mais cedo por problema no ombro após uma queda, teve condições e foi para o jogo normalmente. 

O Grêmio se mostrou, desde o início, o time mais organizado em campo. Biel sofria faltas em sequência quando acionado pela direita, e o Tricolor conseguia trocar passes no campo do adversário. Já o Operário, pressionado pelos donos da casa, não conseguia sair de trás sem ser na base do chutão e, rifando a bola, a oferecia insistentemente sempre de volta ao Grêmio.

Apesar disso, a primeira chance de perigo foi do Operário, em falha individual de Lucas Leiva. Aos 7 minutos, o volante teve um momento de desatenção e perdeu a bola para Felipe Garcia. O jogador do Fantasma roubou a bola e avançou com ela dominada. Bateu de longe e, mesmo com Brenno atento e na bola, ela desviou antes e foi para escanteio, evitando um prejuízo maior para o Tricolor.

O bom começo não se confirmou. Foi o Operário quem, depois de fazer sua primeira descida, teve mais finalizações. Aos 25, eram 3 mais perigosas dos visitantes. As descidas eram constantes nas costas de Rodrigo Ferreira, mais uma vez um dos piores do Grêmio em campo. Ele dava espaços, obrigando o time a fazer faltas pelo setor, o que se refletiu em bronca da torcida, que perdeu a paciência com o lateral. 

A realidade poderia ter sido outra se, aos 26 minutos, a bola que ele recebeu na direita, campo de ataque, estivesse sido colocada em posição legal. Ele foi a linha de fundo e cruzou rasteiro para Guilherme, que complementou para o gol vazio, no que seria a abertura do placar. No entanto, nem precisou muito tempo para que o VAR confirmasse a posição adiantada de Rodrigo Ferreira, anulando o lance.

Até boa parte do primeiro tempo, o Grêmio teve dificuldade de finalizar em boas condições. Mas, no fim do primeiro tempo, voltou a ameaçar e melhorou. Aos 43, Guilherme recebeu, girou com categoria e bateu forte. Vanderlei defendeu e, no rebote, Biel bateu por cima. A chegada foi um prenúncio do gol, dois minutos depois. A bola sobrou na esquerda para Campaz e ele finalizou com força, no canto, sem chances para Vanderlei, abrindo o placar e levando o Grêmio com vantagem de 1 a 0 ao intervalo.

Segundo tempo com breve susto, mas ampla vantagem

A característica do jogo se manteve no início da segunda etapa. Logo aos 6 minutos, na primeira chance de gol, o Grêmio marcou. Villasanti ajeitou de cabeça, da entrada da área, buscando Diego Souza na marca do pênalti. O centroavante artilheiro ajeitou e, em um lance meio esquisito, mandou para as redes. A arbitragem flagrou impedimento mas, após revisão do VAR, o 2 a 0 foi confirmado.

A larga vantagem não durou muito. Em resposta na ofensiva seguinte, o Operário descontou. Agora, a investida foi pelo lado esquerdo da defesa. E o Tricolor voltou a ser vazado em um problema recorrente nos últimos jogos: pelo alto. Após o levantamento, Kalil, que havia entrado no intervalo, subiu mais que a zaga do Grêmio para descontar.

Mas o Grêmio não sentiu, especialmente porque encontrou no talento de Diego Souza não só um artilheiro, mas um garçom. Uma das referências técnicas do time foi o responsável por pelo menos meio gol deste terceiro do Tricolor. Aos 18, ele dominou a bola no meio e, cercado por jogadores do Operário, conseguiu achar grande passe em profundidade pelo meio para Biel. Livre, ele só teve o trabalho de deslocar Vanderlei para fazer o 3 a 1.

Com uma vantagem mais confortável, aí sim o Grêmio voltou a criar chances, inclusive para ampliar. E Roger conseguiu sacar seus dois reforços, que tiveram atuação mais discreta nesta terça-feira. Lucas Leiva e Guilherme deixaram o campo para as entradas de Bitello e Janderson. Depois, Elkeson e Gabriel Silva entraram nos lugares de Diego Souza e Campaz.

Ainda houve tempo para a arbitragem expulsar o zagueiro Thales, que fez falta dura em Elkeson, ao atingi-lo na nuca com as travas da chuteira. Com um a mais e já perto do fim, Elkeson deu números finais a goleada, anotando duas vezes. Assim, o Grêmio caminhou ainda mais tranquilo para a vitória, chegando ao 17º jogo de invencibilidade, consolidado no G-4 da Série B.

Série B - 23ª rodada

Grêmio 5

Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Leiva e Campaz; Biel, Guilherme e Diego Souza. Técnico: Roger Machado

Operário 1

Vanderlei; Arnaldo, Thales, Reniê e Fabiano; Ricardinho, Rafael Chorão e Tomas Bastos; Paulo Victor, Getterson e Felipe Garcia. Técnico: Matheus Costa

Gols: Campaz (45/1T), Diego Souza (6/2T), Kalil (10/2T), Biel (18/2T) e Elkeson (44, 48/2T)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Cartões amarelos: Bitello (Grêmio)

Cartões vermelhos: Thales (Operário)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 09/08, às 19h

Público: 11.387 torcedores

Renda: R$ 346.304,00

Correio do Povo



RS terá sol e frio nesta quarta-feira


Roger responde críticas ao Grêmio com gols e melhor defesa: "Se isso não é desempenho, o que é?"

Elkeson fala em volta por cima após gols com o Grêmio: "O homem mais feliz da Arena"


Sobe para 29 o número de casos confirmados de varíola do macaco no RS


Na última sessão à frente do TSE, Fachin diz que democracia não "quebra" com fake news


Rosa Weber pede opinião da PGR sobre investigar Moraes por ativismo judicial


MEC libera resultado do Prouni 2022/2


Senado convida Moraes e Aras para discutir inquérito das fake news


Covid 19: Porto Alegre libera quarta dose para pessoas acima de 37 anos nesta quarta


Assembleia aprova em segundo turno a criação da Polícia Penal no RS


Cine Grand Café, sucessor do Guion Center, encerra suas atividades em 28 de agosto


Caixa terá menor taxa no consignado do Auxílio, diz Daniella Marques


Polícia investiga se belga foi dopado antes de ser morto por cônsul


TCU condena Deltan e Janot por uso de diárias e passagens na Lava Jato


Polícia investiga se belga foi dopado antes de ser morto por cônsul


OAB inaugura Cidade da Advocacia em Porto Alegre


Atlético-GO goleia o Nacional-URU e vai à semifinal da Sul-Americana


Juiz manda OAB explicar erros em questões no 35º Exame da Ordem



Ituano goleia o Sport e segue invicto nas mãos de interino pela Série B


Concurso público: Sapiranga divulga edital e abre inscrições para 41 áreas de atuação


Cruzeiro vira sobre o Londrina e amplia vantagem na liderança da Série B



Atualização do iPhone irá trazer de volta a porcentagem da bateria na tela


Nenhum comentário:

Postar um comentário