sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Advogado de réu da Kiss posta foto usando camisa com os dizeres: #aceitaMPRS

 Jader Marques diz que é o Ministério Público que deve dar explicações, ao ser questionado sobre reação das famílias de vítimas

Advogado colocou imagem no Instagram 

O advogado Jader Marques, que representa Elissandro Spohr, o Kiko, solto na quarta-feira após a anulação do júri que condenou ele e outros três no caso da Boate Kiss, postou uma foto nas redes sociais, na tarde desta quinta, vestindo uma camiseta com a seguinte estampa: #aceitaMPRS. Procurado pelo Correio do Povo, Marques disse que a publicação acompanhava as de outras pessoas que estavam postando a hashtag, em função do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) recorrer ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, para que a decisão que levou às prisões fosse restabelecida. No fim da noite, no entanto, o advogado apagou a postagem.

Horas antes de deletar a foto, questionado sobre como a publicação poderia repercutir nas redes, junto às famílias das 242 vítimas, por exemplo, Marques disse que há anos vem afirmando que o MPRS deve "aceitar a sua responsabilidade" pela tragédia e pela anulação do júri. "O Ministério Público deve explicar para as famílias", falou, acrescentando que não tem o que se justificar.

Procurado, o advogado de acusação Pedro Barcellos, que que faz parte da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), disse, num primeiro momento, que a imagem postada por Marques parecia uma montagem. Em seguida, acrescentou: “Que desagradável essa atitude do Jader Marques”.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário