sexta-feira, 9 de julho de 2021

Polícia de Bangladesh em alerta para possíveis distúrbios por Argentina-Brasil

 Semifinal vencida pelo Brasil contra o Peru gerou discussões e brigas entre os fãs em um distrito rural do país asiático

A polícia de um distrito rural de Bangladesh proibiu as aglomerações pela final da Copa América de futebol de sábado entre Brasil e Argentina no Maracanã, devido ao medo de possíveis distúrbios entre torcedores. Responsáveis da polícia explicaram nesta quinta-feira que a semifinal vencida pelo Brasil contra o Peru já gerou discussões no local.

Uma discussão entre dois rapazes desencadeou uma briga sobre qual equipe fazia um futebol melhor e isso acabou em uma briga de rua com pedaços de pau e socos em Brahmabaria, 120 quilômetros ao leste de Daca, explicou à policial-chefe Mohammad Amranul Islam, destacando que seu departamento está agora em alerta para a final.

"Pedimos aos habitantes que não assistam o jogo em telas gigantes. Fomos aos bairros e dissemos a eles que não podem se reunir durante a final", afirmou Islam. A final entre Brasil e Argentina acontecerá a 15 mil quilômetros de distância, no Rio de Janeiro. O críquete é o esporte principal de Bangladesh, um país asiático de 168 milhões de pessoas, onde o futebol também é popular.

Durante a Copa do Mundo de 2018, um menino de 12 anos morreu eletrocutado enquanto colocava uma bandeira do Brasil em um poste de rua. Um homem e seu filho ficaram gravemente feridos quando torcidas se enfrentaram na cidade central de Bandar.


AFP e Correio do Povo


Inter leva 2 a 0 do São Paulo e segue sem vencer no Beira-Rio pelo Brasileirão


Jogos do Sudeste Asiático são adiados por pandemia


Zagueiro Ricardo Graça é convocado para a seleção olímpica


Douglas Costa assume culpa por má fase do Grêmio e elogia Felipão


“Resultado poderia ser pior”, admite Herrmann após derrota do Inter para o São Paulo


PSG anuncia a contrataçao de Sergio Ramos por duas temporadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário