quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Últimos debates; Fim do rali no Ibovespa; CoronaVac autorizada

 

Após seis pregões de rali da vacina, as bolsas abriram o dia em queda nesta quinta-feira. No Brasil, o dia é repleto de balanços das principais empresas de bens de consumo e traz o IPO da 3R Petroleum. Na política, é o último dia em que a Justiça Eleitoral autoriza debates pelo Brasil. E estreia o PS5. Boa leitura.

Natura: balanços das principais empresas de bens de consumo no Brasil nesta quinta-feira
 
1 - MAIS BALANÇOS

Grandes nomes dos setores de varejo e bens de consumo do Brasil divulgam o balanço do terceiro trimestre nesta quinta-feira: a joalheria Vivara, a fabricante de cosméticos Natura, a sapataria Arezzo, a loja de artigos esportivos Centauro e a Springs Global, dona da companhia têxtil mineira Coteminas (Artex, Santista, MMartan). De forma geral, os resultados devem mostrar uma recuperação de receitas e lucro em relação ao segundo trimestre, que foi o pico da crise do coronavírus até agora. Mas há ainda uma boa dose de cautela sobre como o brasileiro vai se comportar com o fim do auxílio emergencial em 2021. Leia mais sobre o que esperar dos balanços


2 - IPO "ANTI-ESG" 

O ano de 2020 poderá ser lembrado como o ano em que ativos que atendem aos princípios ESG (sigla em inglês para meio-ambiente, social e governança) decolaram de vez. Mas não significa que não haja espaço para empresas da "velha economia". Essa é a tese que a 3R Petroleum coloca à prova com a sua estreia na B3 nesta quinta-feira, em ano de forte desvalorização para as petrolíferas com a crise. Enquanto isso, no resto dos mercados, o Ibovespa teve ontem seu primeiro pregão de queda, de 0,25%, após seis de alta. As vendas do varejo (que vieram em 0,6% em setembro, ante expectativa de 1,4%) decepcionaram. No exterior, após o "rali da vacina" e das eleições americanas nos últimos dias, as bolsas começaram o dia com quedas hoje. Leia mais.
 
 
3 - RETA FINAL

Hoje é o último dia de debates autorizados pela Justiça Eleitoral. Com as principais emissoras de TV desistindo dos eventos, a maioria dos debates na semana ficou restrita à internet ou às rádios e muitas capitais, como o Rio, BH e Salvador, não terão mais grandes debates com os líderes do pleito até a eleição. Um dos destaques da quinta é a Rádio Gaúcha em Porto Alegre, que faz novamente um "debate drive-in", de carro. Em São Paulo, o segundo e último debate na TV acontece às 22 horas na TV Cultura. Uma pesquisa Datafolha divulgada ontem mostra o prefeito Bruno Covas crescendo (32%), seguido por Guilherme Boulos (16%) e Celso Russomano (14%). Leia mais


4 - SEMANA DOS GAMES

O aguardado PlayStation 5 chegará às lojas nos Estados Unidos nesta quinta-feira. No Brasil, o lançamento acontece no dia 19. Com a chegada do PS5 hoje e dos novos Xbox da Microsoft na última terça, foi fechada de vez a semana da nova geração de videogames — situação que não acontecia há algum tempo. O PS5, no Brasil, custará 4.199 reais em sua versão digital, enquanto a tradicional com leitor de discos sairá por 4.699 reais. Os valores foram ligeiramente reduzidos após decreto de redução de IPI do setor, defendido pelo presidente Jair Bolsonaro. O PlayStation tem 65% do mercado global, contra 35% da Microsoft. No Brasil, o console da Sony também lidera. Leia mais
 
A Anvisa autorizou a retomada dos testes da CoronaVac, vacina da chinesa Sinovac testada com o Instituto Butantan. Os testes foram interrompidos após a morte de um voluntário, por causas não relacionadas à vacina. 

Após o "apagão de dados" por problemas no sistema, estados e o governo federal voltaram a atualizar os números da covid-19. Foram registradas 564 mortes no boletim de quarta-feira, com média móvel de 319 vítimas por dia.

Dando continuidade ao processo para cisão do Assaí, o GPA informou que o presidente Peter Paul Estermann renunciou ao cargo. Christophe Hidalgo, atual diretor financeiro do GPA, acumulará interinamente a posição. 

A colombiana Rappi entrou com um processo no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra o brasileiro iFood. Segundo a EXAME apurou, o foco da ação são contratos de exclusividade do iFood com restaurantes. 

A Marfrig viu seu lucro líquido crescer quase sete vezes no terceiro trimestre, atingindo 674 milhões de reais. Veja os principais balanços divulgados ontem.

A Via Varejo teve lucro de 590 milhões de reais no trimestre, revertendo prejuízo em 2019. “A melhora significativa da performance foi resultado da excepcional venda do canal online", escreve a empresa no balanço

A Unilever, conhecida por marcas como a de sabão em pó Omo e a de sorvetes Kibon, escolheu o Brasil para entrar no mercado de produtos para animais de estimação. A nova marca foi batizada de Cafuné
 
"Home office 100% é um absurdo", diz Caito Maia, da Chilli Beans. À EXAME, o empresário falou sobre a nova temporada do Shark Tank Brasil que estreia neste mês. Leia aqui

Ousados ou só marqueteiros? O que candidatos a prefeito e vereador prometem, mas não podem cumprir.

A Visa dará até 500 reais em dinheiro de volta na Black Friday. E a Xiaomi está oferecendo 90% de desconto em produtos no Brasil

Cinco dicas para sua empresa não ficar para trás ao treinar funcionários

A colombiana Muy,
 um "fast-food do prato feito", ganhou aporte de 90 milhões de reais para expandir no Brasil

Estamos ficando menos inteligentes por conta da internet? O que diz a ciência

Veja as 10 startups brasileiras mais desejadas pelas empresas, segundo o 100 Open Startups

E, ainda: 
o Inovativa Brasil, iniciativa do governo federal criada em 2013, foi escolhido na mesma premiação como o ecossistema que mais gera negócios entre startups e grandes empresas
 

Melhores empresas

Estão abertas as votações para a empresa mais admirada do ano no Melhores & Maiores, o "Oscar das empresas" no Brasil organizado anualmente pela EXAME. Qual é a sua escolha? Vote aqui.
Bolsa
HOJE | Xangai / -0,53%
Tóquio / +1,78%
Londres / +0,55% (às 7h)


ONTEM | Ibovespa / +1,50%
S&P 500 / -0,14%
Dólar / 5,39 reais (+0,04%)
Blockchain e futebol? Parece uma relação longínqua, mas não para o alemão Bayern de Munique. O clube anunciou parceria com o fantasy game Sorare para emitir tokens oficiais no blockchain Ethereum. O objetivo é permitir que torcedores comprem, vendam ou joguem gratuitamente com cards digitais do time e seus jogadores. Leia aqui
Lewandowski, do Bayern: tokens no blockchain | Sebastian Widmann/Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário