sexta-feira, 13 de novembro de 2020

STF forma maioria para negar recurso de Witzel contra impeachment

 Governador do Rio tentava desfazer comissão especial formada para avaliar seu impedimento


A maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) já votaram para manter a comissão especial formada para avaliar o impeachment do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC). O julgamento de um recurso de Witzel está sendo feito no plenário virtual da Corte.

Até a publicação deste texto, o relator da ação, ministro Alexandre de Moraes, e os ministros Rosa Weber, Marco Aurélio Mello, Edson Fachin, Cármen Lúcia, Nunes Marques e Gilmar Mendes votaram para rejeitar recurso de Witzel.

O sexto voto, que garantiu a maioria na Corte veio de Nunes Marques, que foi indicado ao cargo pelo presidente Jair Bolsonaro, adversário político do governador afastado.


R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário