quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Inter joga mal e perde para o América-MG na estreia de Abel Braga

 Colorado precisará vencer fora de casa para se classificar para as semifinais da Copa do Brasil


Na estreia de Abel Braga, o Inter pouco produziu e foi derrotado pelo América Mineiro, por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Agora, o Colorado precisará vencer na próxima quarta-feira, às 21h30min, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Sem mudanças em sua escalação inicial, o time apresentou bastante dificuldades para produzir ofensivamente e foi "amarrado" pela estratégia do Coelho. Logo aos 13 minutos da primeira etapa, Rodolfo abriu o placar para os visitantes, em jogada bem tramada dos mineiros.

Organizado, o América se aproveitou do 1 a 0 e passou a esperar um Inter que teve muitas dificuldades para criar durante toda a partida e levou pouco perigo à meta adversária. Abusando dos cruzamentos, o time de Abel Braga encontrou uma defesa bem postada e não superou a desvantagem ou controlou a partida em nenhum momento. 

Inter burocrático, América letal

Mesmo jogando fora de casa, o bem organizado time de Lisca foi quem teve mais a bola no começo da partida. Aos 9 minutos, Felipe Azevedo recebeu de Ademir, driblou Heitor e obrigou Lomba a fazer grande defesa. 

Dominando as ações e dificultando a troca de passe colorada, os mineiros abriram o placar logo as 13 minutos. Após cruzamento, Rodolfo apareceu livre dentro da área para marcar o 1 a 0. 

Mais ligado na partida depois do revés, o Inter adiantou sua marcação e tentou pressionar o Coelho. Aos 18 minutos, Abel quase empatou após cobrança de escanteio. Em finalização desviada, Edenilson surpreendeu o goleiro Matheus Cavichioli, que se recuperou, aos 19. 

Em contra-ataque, o meia Patrick sentiu no momento da arrancada e precisou ser substituído pelo atacante João Peglow, aos 25. Tentando dar mais ofensividade, o jovem brigou na área, rolou para Galhardo, que ajeitou para Marcos Guilherme finalizar por cima. 

Por ter saído na frente do marcador, o América passou a explorar jogadas rápidas de ataque em erros do Inter. Aos 38 minutos, Geovane saiu na cara de Lomba, tentou o passe, mas a zaga se recuperou para tirar. Apesar de desperdiçar a chance, os visitantes foram para o vestiário na frente. 

Pouca inspiração ofensiva

Precisando mudar a partida, o Inter adiantou sua marcação no começo do segundo tempo. Na primeira jogada, Peglow finalizou por cima do gol e quase empatou. No entanto, em vacilo defensivo, foi o América que chegou perto de ampliar. Ademir recebeu dentro da área, rolou para o meio, Uendel salvou, na sobra, Rodolfo cabeceou e Zé Gabriel tirou com o peito dentro do gol. 

Em resposta, Edenilson entrou driblando na área, mas puxou a bola para a perna esquerda e a finalização veio fraca. Com dificuldades pelo chão, o Colorado apostava bastante nas bolas cruzadas de Heitor e Uendel. 

Para ter mais ímpeto no ataquel, Abel colocou D'Alessandro e Nonato nos lugares de Heitor e Peglow, que havia entrado no primeiro tempo. Apesar disso, a equipe encontrava muitas dificuldades para criar oportunidades. 

Na base da vontade, aos 32 minutos, Galhardo quase empatou em cruzamento da intermediária de Cuesta. Yuri Alberto entrou no lugar de Lindoso, aos 35, para manter o Inter cada vez mais no ataque. Aos 45, o artilheiro girou para cima da marcação e finalizou para fora. Com sua estratégia, o América soube neutralizar o Inter e segurou o resultado até o final. 

Copa do Brasil - Quartas de final - Ida

Inter 0

Marcelo Lomba; Heitor (Heitor), Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Lindoso (Yuri Alberto), Edenilson, Patrick (João Peglow, D'Alessandro) e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo e Abel Hernández. Técnico: Abel Braga

América-MG 1 

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Toscano); Felipe Azevedo (Calyson), Ademir (Neto Berola) e Rodolfo (Vitão). Técnico: Lisca

Gols: Rodolfo (13min/1T°)
Cartões amarelos: Geovane e Ademir (América Mineiro) Zé Gabriel (Inter)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)


Correio do Povo


Quinta-feira terá sol, nuvens e temperatura elevada no RS


Hospital São Lucas retoma pesquisa da vacina contra o novo coronavírus


José Fortunati formalizará a renúncia de sua candidatura na sexta-feira


Grêmio vence Cuiabá e fica perto da semifinal da Copa do Brasil


Câmara aprova fixação dos salários do Executivo de Porto Alegre


Raro diamante rosa é vendido por US$ 26,6 milhões em Genebra


PEC Emergencial deverá ser votada após 2º turno, diz líder do governo


CEO da Pfizer vendeu US$ 5,6 milhões em ações no dia em que anunciou eficácia de vacina


Mega-Sena acumula e poderá pagar R$ 40 milhões no sábado


RS terá duas brigadas que farão parte do sistema de prontidão do Exército


Gravidez na adolescência é uma fábrica de pobres na América Latina, diz ONU


Copa do Brasil sofre mudanças e times da Libertadores entrarão na 3ª fase em 2021


Palmeiras faz 3 a 0 no Ceará e fica perto da vaga na semifinal da Copa do Brasil


YouTube apresenta falha e fica fora do ar em todo o mundo


Na estreia de Ceni no Flamengo, Brenner brilha e garante vitória do São Paulo





Nenhum comentário:

Postar um comentário