quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Após casamento, noivos serão indenizados em R$ 16 mil por empresa de fotos

 


O estúdio de fotografia e filmagem contratado pelo casal não entregou os produtos, mesmo após um ano de insistência

Um casal de Ipatinga (MG) passou por uma situação complicada após a cerimônia de casamento. Eles contrataram uma empresa para fazer as fotos e filmagens do dia, pagaram R$ 1,2 mil pelo pacote, mas nunca receberam os registros. Agora, os noivos entraram na justiça, que decretou que o estúdio fotográfico deverá  indenizá-los em R$ 16 mil.

 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) mostra que os noivos contrataram os serviços de fotografia e filmagem para a cerimônia religiosa e a festa de casamento. O casal diz que a empresa se comprometeu a entregar as filmagens e as fotografias, em DVD e pendrive, no prazo de 120 dias após os eventos.

Mas eles nunca receberam os produtos, então, entraram na justiça pedindo  reparação moral e material.

Em primeira instância, o estúdio foi condenado a pagar  indenização de R$ 3 mil para cada um e a multa contratual no valor de R$ 240, mas casal recorreu da decisão.

Conversas mostram que o estúdio deixou os noivos na expectativa da entrega do material por mais de um ano e por muitas vezes a empresa sequer respondeu aos contatos da noiva, que implorou por uma resposta.

O relator do processo, desembargador Mota e Silva, considerou justo o argumento do casal de que, pela falta do serviço, não terá nenhuma recordação do casamento e, com isso, perdeu-se uma parte da trajetória de vida de cada um dos noivos. A indenização por danos morais deverá ser de R$ 8 mil para cada um dos apelantes, totalizando R$ 16 mil.

Fonte: economia.ig - 10/11/2020 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário