terça-feira, 14 de julho de 2020

EUA recua na abertura e mantém atenção com avanço da Covid-19 nas Américas

País recordista em mortes e casos pretendia retomar normalidade de alguns serviços

Atividades tem sido adaptadas para manter isolamento

Os contagiados pelo novo coronavírus alcançaram nesta segunda-feira os 13 milhões em todo o mundo, enquanto a pandemia obriga os Estados Unidos a recuar em sua reabertura e avança na América Latina e no Caribe, que se tornou a segunda região do planeta com mais mortos por Covid-19. Os Estados Unidos seguem na liderança dos balanços, com 135.582 mortos e 3,36 milhões de contágios.
O avanço implacável da doença na primeira economia do mundo levou nesta segunda ao fechamento de salões de restaurantes, bares e cinemas em toda a Califórnia, além de igrejas, academias de ginástica, shopping centers e salões de beleza nos 30 condados mais afetados do estado, inclusive Los Angeles.
O retrocesso se dá em meio a um intenso debate sobre as medidas restritivas, inclusive a reabertura de escolas, entre autoridades políticas e de diferentes jurisdições. As discussões e as pressões do governo Donald Trump para a retomada das atividades impediram uma resposta coerente diante do avanço do vírus, que bateu um recorde de contágios diários em vários estados nos últimos dias.

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário