quarta-feira, 17 de junho de 2020

Congresso avalia vetos ao BPC e auxílio emergencial e põe à prova relação com Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro e os presidentes de Senado e Câmara, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia| Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O Congresso Nacional realiza nesta quarta-feira (17) uma sessão conjunta para analisar 20 vetos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a propostas aprovadas pelos parlamentares. A pauta inclui duas decisões conectadas com a área social e que motivaram, em ocasiões anteriores, disputas entre o Palácio do Planalto e o Legislativo: a expansão do acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a inclusão de novas categorias como contempladas com o auxílio emergencial, o "coronavoucher".

A votação servirá também como um termômetro da relação atual entre o governo Bolsonaro e o Congresso. Entre outros fatores, por ser a primeira após a escolha de Fábio Faria como ministro das Comunicações.

Ele, que será empossado também na quarta, é deputado federal pelo PSD do Rio Grande do Norte, e sua inserção na equipe de Bolsonaro foi vista como mais um agrado do presidente ao chamado Centrão do Congresso, o bloco de deputados e senadores sem vinculação ideológica que costuma trocar votos por cargos.

 
Saiba mais sobre a demissão


Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário