terça-feira, 24 de março de 2020

Ônibus terão circulação reduzida em 25% a partir desta terça

Prefeitura autorizou reajuste da frota operacional por queda de demand por restrições do coronavírus

Isenção para idosos está limitada para desencorajar saída de casa
Isenção para idosos está limitada para desencorajar saída de casa 

Depois de rodarem com tabela reduzida em aproximadamente 20%, os ônibus de Porto Alegre vão ter a oferta diminuída em 25%, a partir desta terça-feira. A queda da demanda, que chegou a 57%, na sexta, e a 70%, no domingo passado, levou a Prefeitura a ampliar o corte em meio à fase de contágio da pandemia de Covid-19.
Para quem necessita do transporte coletivo, serão reforçados os horários da manhã e do fim de tarde, principalmente nas regiões Sul/Sudeste e Cia Carris. O objetivo é evitar o acúmulo de passageiros além do considerado seguro em um momento de risco elevado de contaminação.
As empresas vão reservar ônibus extras para suprir flutuações de demanda em horários de pico. Como a situação é atípica, podem ocorrer ajustes ao longo do dia. De acordo com informações preliminares da Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), a queda de passageiros registrada deve superar 65% em relação a um dia útil normal.
A orientação é para que as pessoas fiquem em casa e só se desloquem por necessidade. Não é permitido o transporte de passageiros em pé. Com isso, os ônibus não podem parar ao longo do trajeto depois que a capacidade de bancos estiver esgotada.
Os idosos seguem com o benefício da gratuidade desabilitado, em horários de pico, a fim de desincentivar o uso dos ônibus entre 6h e 9h e das 16h às 19h. Já os estudantes só poderão utilizar a meia-passagem entre 11h e 14h, horário em que as escolas, mesmo sem aulas, oferecem almoço.

Rádio Guaíba e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário