quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Comissão aprova convocação do ministro do Turismo para esclarecer candidaturas laranjas do PSL

Audiência de Marcelo Álvaro Antônio no Senado foi marcada para o dia 22 de outubro

Marcelo Álvaro Antônio nega irregularidades

Marcelo Álvaro Antônio nega irregularidades | Foto: Pablo Valadares / Câmara dos Deputados / Divulgação / CP

PUBLICIDADE

A Comissão de Fiscalização e Controle (CTFC) do Senado aprovou nesta terça-feira a convocação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para prestar esclarecimentos sobre o caso das candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais em 2018. A medida recebeu aval em votação simbólica, sem a presença de senadores do partido ou parlamentares alinhados ao governo. A audiência foi marcada para o dia 22 de outubro. Na condição de convocado, ele é obrigado a comparecer.

O pedido de convocação do foi feito por Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Segundo o senador, em três ocasiões o titular do Turismo não compareceu a convites do colegiado para prestar esclarecimentos. Agora, por se tratar de convocação, é obrigado por lei a ir à comissão. Na semana passada, o Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais denunciou 11 pessoas por crimes envolvendo as candidaturas laranja do PSL no estado.

Entre os denunciados, está o ministro do Turismo. Segundo a denúncia, foram cometidos os crimes de falsidade ideológica, de apropriação indébita eleitoral e de associação criminosa. Álvaro Antônio nega irregularidades. Em nota, o ministro reafirma confiança na Justiça e reforça a convicção de que "a verdade prevalecerá e sua inocência será comprovada".


Agência Brasil e Correio do Povo


MERCADOS

O Ibovespa voltou aos 90 mil para ficar?

O principal índices de ações brasileiro caiu 0,59% ontem e fechou em 99.981 pontos, a primeira vez abaixo dos 100 mil desde 3 de setembro

ECONOMIA

Canonização, pré-sal, laranjas do PSL: o que atrasa a Previdência

Votação da reforma em 2º turno foi adiada para dia 22 devido a falhas na articulação do governo e até a viagem de senadores para a canonização da irmã Dulce

MUNDO

Com greve geral, Equador completa sete dias de protestos

Protestos começaram após o presidente Lenín Moreno anunciar um pacote de medidas econômicas que aumentou o preço dos combustíveis em 123%

NEGÓCIOS

A Louis Vuitton seguirá vivendo num mundo à parte?

Maior conglomerado de luxo do mundo, que anuncia resultados hoje, cresceu 15% no primeiro semestre, apesar da instabilidade global

BRASIL E MUNDO

Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Castello Branco: "privatização da Petrobras não está na mesa"; Bolsonaro: "esquece o PSL"; acordo para o Brexit mais distante; E mais...

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

10 mil horas de prática? Não precisa

No mundo da ultraconcorrência, busca-se cada vez mais a especialização. Mas esse é o caminho errado para se destacar, diz o escritor americano David Epstein

Nenhum comentário:

Postar um comentário