terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Neymar celebra volta e admite medo de ficar fora da Copa do Mundo: "Chorei muito"

 Camisa 10 retornou com gol e goleada e atuou até os 35 minutos do segundo tempo contra a Coreia do Sul


Os holofotes das oitavas de final estavam voltados para o meia Neymar. Fora do time do Brasil desde a estreia, o camisa 10 atuou até os 35 minutos do segundo tempo e foi um dos destaques da goleada por 4 a 1 contra a Coreia do Sul.

Na saída do campo, o jogador admitiu que sentiu medo de ficar de fora do restante da Copa do Mundo. "Foi um medo muito grande e foi bem doído, passei a noite chorando muito. Mas deu tudo certo, o esforço valeu a pena. todo sofrimento é válido", resumiu rapidamente. 

A boa notícia, além do desempenho superior, foi Neymar ter suportado bons minutos. Nas últimas semanas, ele passou na fisioterapida fazendo trabalhos especiais para estar disponível para o técnico Tite. Eleito melhor em campo, Neymar foi para coletiva e reiterou a felicidade em atuar. Além disso, também enalteceu o trabalho coletivo. "Hoje é díficil dar o prêmio de melhor para somente um jogador".

Melhoras ao Rei Pelé

Atual dono da camisa 10 no Brasil, Neymar desejou melhoras para o Rei Pelé, que passa por problemas de saúde. "É difícil falar sobre o momento que o Pelé está passando. Eu desejo todas as melhores coisas para ele e espero que fique bem de saúde o mais rápido possível, que possa ter se confortado com a vitória e visto a faixa que erguemos para ele". 

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário