quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Comércio do Centro Histórico de Porto Alegre registra baixo movimento no feriado

 Comerciantes estão cautelosos com o movimento de clientes nos próximos dias na Capital

O comércio regular de Porto Alegre, mesmo autorizado a abrir nesta terça-feira, feriado de Proclamação da República, registrou pouco movimento de clientes e baixo número de estabelecimentos abertos. Na área entre as ruas Voluntários da Pátria, Dr. Flores e avenida Otávio Rocha, no Centro Histórico, por volta de dez lojas funcionavam no período da manhã. Entre as que abriram as portas, estavam lojas de confecções e presentes em geral. 

Funcionários aproveitaram o baixo fluxo do período para arrumar as vitrines, visando a Copa do Mundo do Catar, que inicia no próximo final de semana, Black Friday e Natal. Comerciantes de uma loja de roupas na Voluntários disseram à reportagem que as expectativas para este período não são as melhores. “De dez a 12 pessoas que contratávamos há dois anos, agora estamos projetando contratar cinco. As pessoas estão com pouco dinheiro e parcelando em mais vezes. Estamos esticando as parcelas das compras o quanto podemos”, disse uma delas.

Entre as causas apontadas pelos comerciantes para este fenômeno, estão ainda os efeitos da pandemia da Covid-19 e a “incerteza política após o final das eleições”. “Acreditamos que este seja o sentimento da maioria das pessoas que mantêm comércios aqui, afirmou esta comerciante, que não quis se identificar. Outro fator afirmado é a própria Copa do Mundo, que neste ano ocorre em um período diferente, ao qual as lojas não estão acostumadas, entre novembro e dezembro, ao contrário das últimas edições, quando houve entre junho e julho.

“Estamos montando nossa grade de atendimento e pagamentos conforme os jogos, porque, nos dias das partidas da Seleção Brasileira, é difícil até falar com fornecedores”. Em outra loja do Centro Histórico, o vendedor Wellington Maia também comentou que o movimento está fraco para o período. “Acho que não faremos Black Friday”, disse, mas o comércio em si, que vende mais acessórios e itens de beleza para mulheres, já está se preparando para o Natal, que ocorre daqui a pouco mais de um mês.

O Sindilojas de Porto Alegre afirma que, em breve, divulgará as informações sobre regras para datas especiais, como feriados, válidas até novembro de 2023. De forma geral, o documento estabelece que a jornada de trabalho para feriados seja de 6 a 8 horas, com horário de abertura a critério de cada empresa. No entanto, é preciso que cada estabelecimento solicite a adesão ao acordo coletivo para seu negócio.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário