segunda-feira, 19 de setembro de 2022

Tornado destelha casas e assusta moradores no DF; veja vídeo

 Fenômeno foi registrado no sábado em Samambaia; neste domingo, ventania também atingiu o Parque Nacional

Fenômeno foi registrado no sábado (17) em Samambaia; neste domingo (18), ventania também atingiu o Parque Nacional 

O Distrito Federal registrou um tornado em Samambaia, neste sábado (17), e forte rajada de vento no Parque Nacional de Brasília, neste domingo (18). Vídeos publicados nas redes sociais mostram o estrago que o fenômeno causou em residências e comércios. 

Os fenômenos ocorreram em Samambaia, no sábado (17), e no Parque Nacional de Brasília, neste domingo (18). Imagens mostram o momento em que a ventania atinge uma farmácia, levando objetos pela rua.

O oficial de justiça Henrique Santillo, morador do Noroeste, registrou o fenômeno por volta de 16h deste domingo. "Eu estava na janela da minha casa quando aconteceu. Filmei, achei que seria uma tromba d’água, porque o lugar é cheio de represa e barragem, mas aí o pessoal comentou que poderia ser um tipo de tornado", disse ao R7.

Inmet

"É interessante ver o vídeo da farmácia [veja abaixo] e ver a passagem [do tornado] e ele tocando no solo. Lembrando que o tornado é fenômeno associado a uma chuva de tempestade e condições muito estáveis do tempo", diz a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Andreia Ramos.

"Estávamos com dias muito quentes e secos, e vem essa instabilidade, provocando choque térmico, proporcionando um funil, um vento circulatório, que gira em alta velocidade em torno de um centro de baixa pressão", completa.

Em caso de rajada de vento, as recomendações é não se abrigar debaixo de árvore, com eventual risco de descarga elétrica. Evitar também o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada e obter informações junto à Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

"Nós estamos hoje com aviso de chuvas intensas, que vai até 22h deste domingo (18). São chuvas que podem chegar entre 20 ou até mesmo 50 milímetros no acumulado diário, o que tem associado a isso ventos intensos acima de 40 km/h", alerta Andreia.

Chuvas

Os estragos pela ventania foram causados um dia após diferentes regiões do Distrito Federal registraram chuva na última sexta-feira (16). A capital completou 131 dias sem chuva e o Inmet chegou a registrar a umidade do ar abaixo de 20%.

E, de acordo com a meteorologista do Inmet, há previsão de chuva para os próximos dias. "A partir do dia 22 (quinta-feira), nós saímos do inverno, que é um período de estiagem, e vamos para a primavera, marcada justamente pela chuva no final da tarde e à noite em forma de pancada", diz Andreia.

A previsão é de manutenção das temperaturas, registradas em torno de 30º C, assim como aumento da umidade. "Registramos taxas [de umidade] abaixo de 15% na semana passada, e agora sob para 30% a 35%", relata.

R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário