quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Produção de veículos registra crescimento e atinge melhor marca em 19 meses

 por José Fernando Ogura

2021-03-03t141503z_2043102463_rc2q3m966qgj_rtrmadp_3_gm-semiconductors.jpeg

Crescimento é 44% sobre agosto de 2021 e 8,7% sobre julho; desempenho acumulado fica positivo, 4,7% em relação a janeiro-agosto de 2021

produção de veículos cresce 44% sobre agosto de 2021, com 238 mil carros comerciais leves, caminhões e ônibus. A atividade das montadoras subiu 8,7% sobre julho. Pela primeira vez, o desempenho acumulado ficou positivo, 4,7% em relação a janeiro-agosto de 2021, com 1,548 milhão de veículos.

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Márcio Lima, comemora o não fechamento de nenhuma por falta de peças após um ano e meio, mas ressalta que o forte impacto dos juros e a restrição ao crédito explicam o mercado de locação demandar a metade dos carros produzidos no Brasil.

 

“O consumidor que dependem substanciamente do crédito, é difícil que ele pague 30% de juros ao ano, e com uma entrada que vem sendo pedida pelos bancos de 60%, que é algo, realmente, bastante pesado, esse consumidor deu um passo atrás, e também a necessidade de atender a demanda das locadoras, que havia sim um negociação comercial, em boa parte nos carros, na espera desses produtos”, diz.

As vendas em agosto cresceram 14,6% sobre julho, 209 mil unidades, e 20,7% agosto do ano passado, a melhor marca em 19 meses. Entretanto, o mercado não conseguiu ainda superar os emplacamentos de janeiro agosto de 2021 e opera em queda de 8%, com 1,3 milhão de carros comerciais leves, caminhões e ônibus.

Fonte: Jovem Pan - 19/09/2022 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário