quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Polo Petroquímico informa que chamas altas fazem parte de procedimento padrão

 Distúrbio operacional por falha no sistema de óleo gerou o chamado "flare"; condições climáticas desta quarta-feira favorecem visibilidade


A administração do Polo Petroquímico do Sul, em Triunfo, informou que as chamas vistas no céu na região de Triunfo fazem parte de um procedimento padrão. Na noite desta quarta-feira, houve o registro de labaredas altas, vistas inclusive de regiões diferentes de Porto Alegre.

A Braskem informou que a unidade Olefinas 2 apresentou um "distúrbio operacional" por falha no sistema de óleo de dois compressores. Por conta disso, o "flare" foi ativado, com as equipes já trabalhando para pronto restabelecimento e normalização da operação. 

O "flare" é a tocha alta que pode ser vista de longe nas indústrias. Trata-se de um dispositivo que garante a queima de gases de forma segura, evitando risco para o processo e a comunidade em geral. Ela existe para garantir a segurança de indústrias químicas.

A Braskem informou, ainda, que as condições climáticas desta quarta-feira favorecem a maior visibilidade do fenômeno. Por conta da alta incidência da nebulosidade, as chamas refletem nas nuvens. 


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário