quinta-feira, 15 de setembro de 2022

PIS/Pasep: veja como sacar cotas pelo aplicativo do FGTS e quais documentos são necessários para canais físicos

 por Bauru e Marília

Tem direito ao benefício quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 1988.

De acordo com a instituição, cerca de 10,6 milhões de pessoas têm valores a receber em cotas do PIS/Pasep. 

Estão abertas, desde o último dia 25 de agosto, as consultas e saques de valores relativos ao PIS/Pasep por meio do aplicativo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e, de forma presencial, nas agências da Caixa Econômica Federal.

Tem direito ao benefício quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 1988. De acordo com a Caixa Econômica Federal, R$ 24,6 bilhões em cotas do PIS/Pasep estavam disponíveis e 10,6 milhões de pessoas teriam valores a receber.

 

O valor médio das cotas é R$ 2,3 mil, mas o saldo individual de cada um depende de quanto tempo a pessoa trabalhou e o salário daquele período.

Veja como consultar e sacar no aplicativo 

O beneficiário deve indicar a sua conta bancária de preferência para receber o valor. Não há custo nessa transação. 

Veja como sacar o dinheiro em canais físicos 

O saque pode ser feito por meio de um Cartão Social em unidades lotéricas e terminais de autoatendimento da Caixa Econômica Federal.

O valor de saque permitido é de até R$ 3 mil.

Documentos necessários:

  • Documento de identificação pessoal;
  • Certidão do PIS/Pasep;
  • Declaração de dependentes habilitados.

O que fazer no caso de trabalhar falecido?

  • O beneficiário pode acessar o seu próprio App FGTS.
  • Solicite o saque na opção “Meus Saques”.
  • Vá para “Outras Situações de Saque”.
  • Escolha a opção “PIS/PASEP – Falecimento do Trabalhador”.
  • Reúna os documentos necessários e confirme a solicitação. 

Fonte: G1 - 13/09/2022 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário