quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Bolsonaro oferece asilo a padres e freiras da Nicarágua

 - O Brasil não assistirá de braços cruzados a mais um episódio dessa perseguição diabólica contra cristãos promovida pela ditadura socialista da Nicarágua. Estamos prontos para acolher padres e freiras perseguidos, facilitando ainda mais seu ingresso e instalação em nosso país.

- A situação na Nicarágua é trágica e revoltante. Rádios estão sendo fechadas, bispos católicos estão sendo presos e freiras da ordem de Madre Teresa de Calcutá foram expulsas do país. São cenas tristes, mas que alguns, por afinidade ideológica, preferem virar as costas e ignorar.
- Assim como temos feito ao receber ucranianos, venezuelanos, haitianos e cristãos do Afeganistão, ofereceremos asilo aos que hoje são atacados pelo ditador Daniel Ortega, na certeza de que todos serão recebidos pelo Brasil e pelo nosso povo com a dignidade e o apoio que merecem.
- O que ocorre hoje na Nicarágua liga um alerta para o mundo sobre a iminência de abusos ainda mais graves e desumanos, afinal de contas, se nem as igrejas, cujo trabalho religioso e social são fonte de dignidade para as pessoas, estão sendo respeitadas, quem estará imune a isso?
- Por isso, como líder máximo do Brasil, país que sempre defendeu e promoveu a liberdade religiosa e que se orgulha de sua formação cristã, me sinto obrigado a denunciar essa perseguição diabólica. Não só pelo que representa hoje, mas pelo que pode representar num futuro próximo.



Fonte: https://www.facebook.com/watch/?v=1724419111265381

Nenhum comentário:

Postar um comentário