sexta-feira, 16 de setembro de 2022

Ator José Dumont é preso sob suspeita de armazenar imagens de pornografia infantil

 Agentes encontraram material no celular e no computador do artista, investigado por envolvimento com fã de 12 anos

Ator José Dumont é preso sob suspeita de armazenar imagens de pornografia infantil 

O ator José Dumont, de 72 anos, conhecido por diversos trabalhos na TV e no cinema em 40 anos de carreira, foi preso pela Polícia Civil do Rio nesta quinta-feira, sob suspeita de armazenar imagens de pornografia que envolvem crianças. 

Segundo a polícia, José Dumont foi alvo de buscas em um inquérito da DCAV (Delegacia da Criança e do Adolescente Vítimas) que o investiga pelo crime de estupro de vulnerável. 

O ator é suspeito de atrair a atenção de um fã de 12 anos e oferecer-lhe ajuda financeira, para que ele se aproximasse. De acordo com a polícia, Dumont fez investidas com beijos na boca e carícias íntimas, que foram captadas por câmeras de vigilância.

Durante a diligência, os agentes encontraram imagens e vídeos de sexo que envolviam menores no computador pessoal e no telefone celular do artista. Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia especializada, onde está à disposição da Justiça. O R7 ainda não conseguiu contato com a defesa do ator. O espaço está aberto para manifestação.

Globo retira ator de novela

O ator foi retirado de uma novela que tem previsão de estreia no serviço de streaming Globoplay em outubro. O artista foi encaminhado à DCAV (Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima), no Rio de Janeiro, por suspeita de posse de pornografia infantil. Em nota, a comunicação da TV Globo esclareceu que Dumont foi retirado da trama. Leia na íntegra:

O ator José Dumont estava contratado como obra certa especificamente para a novela "Todas as Flores", a ser exibida no Globoplay. Diante dos fatos noticiados, a Globo tomou a decisão de retirá-lo da novela. A suspeição de pedofilia é grave. Nenhum comportamento abusivo e criminoso é tolerado pela empresa, ainda que ocorra na vida pessoal dos contratados e de terceiros que com ela tenham qualquer relação.

R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário