quinta-feira, 4 de agosto de 2022

Lasier Martins oficializa desistência de concorrer ao Senado

 Em anúncio feito pelas redes sociais, senador confirmou que vai disputar mandato para a Câmara dos Deputados



O senador Lasier Martins (Podemos) anunciou, em live realizada no final da manhã desta quarta-feira, que vai concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados, e não à reeleição para o Senado. A desistência de Lasier da corrida pela chamada Câmara Alta vinha sendo ventilada há algumas semanas, em função das acomodações dentro da coligação com o PSDB no RS.

O Podemos pleiteava a vaga do Senado na chapa que tem o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) como candidato ao governo e o deputado estadual Gabriel Souza (MDB) como vice, e concordava com a possibilidade de haver mais de um candidato ao cargo dentro da aliança, o que é permitido, apesar de haver só uma vaga. Mas, nas negociações, acabou prevalecendo a vontade do PSD e a candidata ao Senado da coalizão será a ex-senadora Ana Amélia Lemos.

Na transmissão, Lasier não fez referência direta às articulações sobre a composição da chapa, apenas creditou a opção pela Câmara à complexidade partidária e à conveniência de alianças. “Decidi colocar o meu nome à disposição do Podemos, meu partido, para concorrer à Câmara Federal, por duas razões básicas. Primeiro atendendo ao próprio apelo do partido para reforçar a nominata de candidatos à Câmara e, ao mesmo tempo, em razão de minha vontade pessoal de dar continuidade a dezenas de projetos em tramitação no Congresso.”

Na sequência, o senador listou propostas que considera importantes e abriu espaço para depoimentos de correligionários como os senadores Álvaro Dias (PR) e Jorge Kajuru (GO) e o ex-procurador Deltan Dallagnol.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário