quarta-feira, 27 de julho de 2022

Grêmio tem Bitello expulso e segura empate contra a Chapecoense na Série B

 Tricolor mantém postura defensiva dos últimos jogos fora de casa e fica no 0 a 0 na Arena Condá



Grêmio segue com o jejum de vitórias fora de casa no Brasileirão da Série B. Na noite desta terça-feira, com um jogador a menos, o Tricolor segurou o empate contra a Chapecoense por 0 a 0, na Arena Condá, pela 21ª rodada.

Mais uma vez, os gaúchos tiveram uma postura defensiva fora de seus domínios. Para piorar a situação, Bitello foi expulso ainda no primeiro tempo, após deixar as traves da chuteira no pescoço de Perotti. Em especial no segundo tempo, os catarinenses tiveram a posse de bola, domínio no campo ofensivo, mas faltou qualidade para furar o sistema defensivo gremista, que segurou o empate sem gols e manteve os números de melhor defesa da segunda divisão nacional.

Com o resultado, o Grêmio chega aos 37 pontos e segue na vice-liderança da Série B — pode cair para a 4ª colocação caso Vasco e Bahia vençam. O Tricolor volta a campo contra o Guarani, na sexta-feira da semana que vem, dia 5 de agosto, às 21h30min, no Brinco de Ouro, pela 22ª rodada.

Início movimentado e expulsão comprometedora

Com o apoio do seu torcedor, a Chapecoense começou a partida no campo de ataque e explorando o lado esquerdo com Fernando. No primeiro minuto, o camisa 6 apareceu sozinho às costas de Rodrigo Ferreira e cruzou para o meio da área. Geromel cortou para a linha lateral.

A resposta do Grêmio veio no minuto seguinte. Ferreira fez ótima jogada pela esquerda e acionou Campaz. O camisa 7 driblou o goleiro e, sem ângulo, cruzou para a segunda trave. Biel chegou batendo em cima do zagueiro da Chapecoense. Os jogadores tricolores reclamaram de toque no braço, mas o juiz e o VAR mandaram seguir.

Com ímpeto inicial, os catarinenses voltaram a assustar aos 5 e 6 minutos. Primeiro, Felipe Ferreira puxou contragolpe e finalizou da entrada da área, pegou mal e mandou para fora. A bola foi à esquerda do gol de Gabriel Grando. Depois, Fernando aproveitou mais uma vez as costas de Rodrigo Ferreira, chegou na linha de fundo e cruzou para a área. Bruno Alves cortou para escanteio.

O Tricolor só voltou a finalizar aos 15. Ferreira, em jogada individual, enveredou pela esquerda, puxou para a perna direita e chutou mal, por cima do gol de Saulo. Seis minutos depois, após escanteio ofensivo, a Chapecoense errou e Campaz ficou com a bola. O camisa 7 puxou contragolpe em alta velocidade, driblou o defensor e finalizou da entrada da área para ótima defesa de Saulo no canto esquerdo.

Aos 23, Roger Machado foi obrigado a fazer a primeira substituição. Ferreira sentiu dores na coxa esquerda e deu lugar a Guilherme, um dos reforços do Grêmio para a sequência da Série B. Com o passar do tempo, o jogo caiu de intensidade e lances de perigo ficaram escassos.

Qualquer proposta tática que o Grêmio tivesse para vencer foi reescrita por um erro violento de Bittelo. Aos 29, o volante foi expulso pelo árbitro Paulo Roberto Alves Júnior. O camisa 39 acertou o rosto de Perotti com as travas da chuteira e recebeu o cartão vermelho direto. Com a perda do volante, Roger optou por colocar Lucas Leiva, o outro reforço na janela de transferências, no lugar de Campaz e formatou a equipe gremista com duas linhas de quatro — Diego Souza ficou no comando de ataque.

Mesmo com um jogador a mais, a Chapecoense não conseguiu levar grande perigo ao gol de Gabriel Grando. Em jogadas pelo lado esquerdo com Fernando, os donos da casa cruzaram algumas bolas para área, mas sem sucesso. Geromel e Bruno Alves cortaram todas e se destacaram defensivamente.

Chape pressiona sem qualidade e Grêmio segura igualdade

O Grêmio começou a etapa final assustando. No primeiro minuto, Diego Souza recebeu, driblou o defensor da Chapecoense e saiu frente à frente com Saulo. O camisa 29 tentou finalizar por cobertura, mas foi travado pela zaga catarinense. Na sequência, a Chape respondeu. Perotti recebeu na intermediária, girou e finalizou à esquerda do gol de Gabriel Grando.

Os catarinenses passaram a ter mais posse de bola, sem conseguir criar chances reais de gol. Aos 7 e 8 minutos, Matheus Bianqui finalizou duas vezes de fora da área para fora. A pressão da Chapecoense aumentou. Aos 13, Mailton fez boa jogada pela direita, mas Fernando finalizou mal pelo lado esquerdo. Dois minutos depois, Mailton cruzou da direita e Gabriel Grando precisou intervir de soco para afastar o perigo.

Um lance no mínimo inusitado aconteceu contra o Grêmio em Chapecó. Nicolas foi cobrar um lateral, mas esbarrou no assistente, que atrapalhou o jogador gremista. Por essa jogada, o camisa 30 foi punido com o cartão amarelo pelo árbitro Paulo Roberto Alves. Os jogadores tricolores reclamaram bastante do lance.

O Tricolor conseguiu chegar à frente aos 20. Em cobrança de falta de Nicolas, Léo conseguiu afastar para escanteio. Lucas Leiva, por pouco, não completou para o fundo das redes do goleiro Saulo. Sem conseguir invadir a área gremista com a bola dominada, a Chapecoense seguiu insistindo em chutes de fora da área. Aos 23 minutos, Mailton finalizou da meia direita e a bola passou perto da trave direita de Gabriel Grando.

Os donos da casa mantiveram a maior posse de bola, com domínio na parte ofensiva, mas seguiram esbarrando na qualidade para furar a melhor defesa da Série B, que é a gremista. Muitos cruzamentos na área e chutes de fora da área foram a solução. Aos 48 minutos, na última chegada, Perotti concluiu de cabeça após escanteio e obrigou Gabriel Grando a fazer grande defesa e evitar a derrota do Grêmio no final. Ponto somado, mas ainda a frustração de não conseguir vencer fora para os muitos tricolores nas arquibancadas.

Brasileirão Série B - 21ª rodada

Chapecoense 0
Saulo; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando (Kevin); Mailton (Claudinho), Matheus Bianqui e Luizinho (Allison Farias); Felipe Ferreira (Lima), Chrystian (Jonathan) e Perotti. Técnico: Marcelo Cabo.

Grêmio 0
Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Bitello e Campaz (Lucas Leiva); Ferreira (Guilherme), Biel (Janderson) e Diego Souza (Elias). Técnico: Roger Machado

Cartões amarelos: Nicolas, Lucas Leiva e Roger Machado (G)
Cartão vermelho: Bitello (G)
Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior (PR-CBF)
Assistentes: João Fabio Brischiliari (PR-CBF) e Márcia Bezerra Caetano (RO-CBF)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ-FIFA)
Data e hora: 26/07, terça-feira, às 18h30min
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Correio do Povo


RS segue com calor em quarta-feira de sol entre nuvens


Roger afirma que postura defensiva do Grêmio foi imposta após expulsão de Bitello

Denis Abrahão reclama de "autoritarismo" da arbitragem em cartão amarelo de Nicolas


Rigotto recua e Marchezan aceita disputar cadeira na Câmara dos Deputados


Fachin diz que Justiça Eleitoral não se abala com ameaças e intimidações


Embalagens de vegetais frescos não precisarão mais informar data de validade


Após 10 dias de buscas, polícia lida com denúncias falsas sobre sumiço de advogada em São Leopoldo


Hepatite em crianças: cientistas avançam na busca por causa do quadro agudo


Brasil registra 813 casos de varíola do macaco e tem "situação preocupante", conforme OMS


Polícia Civil investiga professor por importunação sexual contra alunas de escola em Alvorada


Embaixador do Brasil volta a Kiev depois de quase 5 meses fora da capital da Ucrânia



Nova carteira de identidade: saiba quais são as novidades e quem pode fazer o documento


MPT abre inquérito civil por denúncias de assédio contra Pedro Guimarães


TRE e OAB firmam termo de cooperação contra desinformação no RS



Hospital São Lucas busca voluntários para fase final de estudo da vacina contra a dengue


Bustos e Renê treinam com bola e devem reforçar o Inter contra o Atlético-MG



Nova diretoria do Sinpasul é empossada em Porto Alegre


COB exibe planejamento para Paris-2024 e presidente confia em "superar Tóquio"


Drone cai durante show e corta supercílio de mulher no Distrito Federal


Copa do Catar será compacta e acomodará maioria das seleções em um raio de 10 km



BC lança moeda colorida para celebrar bicentenário da Independência






Nenhum comentário:

Postar um comentário