segunda-feira, 18 de julho de 2022

Bolsonaro confirma que conversará por telefone com o presidente da Ucrânia nesta segunda

 


O presidente Jair Bolsonaro informou que receberá uma ligação do presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, nesta segunda (18), mas não disse sobre quais assuntos os dois devem tratar. De acordo com ele, suas propostas serão feitas de acordo com o que Zelenski lhe disser.

“Amanhã eu recebo uma ligação do Zelenski, ele quer falar comigo. O que eu posso adiantar pra vocês, por telefone vai estar eu, o ministro e intérprete, mais ninguém”, afirmou ele, em entrevista concedida do lado de fora do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Bolsonaro afirmou que vai dar opinião caso o ucraniano peça. “Eu não sei o que ele vai falar comigo, o Zelenski né, mas eu pretendo falar pra ele o que eu acho, se ele perguntar pra mim alguma coisa, de onde podemos colaborar, eu vou dar a minha opinião, só vou dar se ele pedir”, comentou.

O presidente disse ainda que a conversa é segredo de Estado e que seu teor não pode vazar, assim como o da conversa que teve com o presidente russo, Vladimir Putin, para tratar sobre a compra de fertilizantes pelo Brasil. Ele não disse o que deve falar a Zelenski sobre a guerra com a Rússia.

Política de preços

Em relação a outro produto, o diesel, Bolsonaro disse que está em conversas avançadas com a Rússia para o fornecimento por um preço mais baixo. “Quantos por cento eu não sei. Quanto mais barato, melhor.”

Ao tratar do assunto, Bolsonaro sugeriu que o Preço de Paridade Internacional (PPI), praticado pela Petrobras e que alinha os preços de combustíveis no mercado interno aos valores internacionais, não obriga a realização de reajustes.

Ele falou ainda da troca de comando na estatal. “Trocamos o presidente da Petrobras, e ele pretende obviamente trocar o conselho e algumas diretorias. Colocar algumas pessoas mais alinhadas com ele”, comentou.

O PPI foi criado no governo de Michel Temer (MDB), em 2016, e é praticado desde então, com mudanças nas janelas de reajuste pela estatal. “Dá uma estudada o que é PPI, vê se é isso mesmo que acontecia até pouco tempo, se a PPI era obrigatória, se tem que mudar o preço tão logo suba o Brent, o preço do diesel, o valor do dólar aqui dentro”, afirmou Bolsonaro.

Segundo o presidente, a Petrobras pode dar lucro, mas os ganhos atuais seriam excessivos. “Não há interferência minha em nada no tocante a isso, mas as petroleiras do mundo todo resolveram revisar política de preços para ajudar os seus países”, disse.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário