sábado, 10 de julho de 2021

Motociata com Bolsonaro altera trânsito e transporte em Porto Alegre neste sábado

 Não será permitida a circulação de pedestres e ciclistas na avenida Edvaldo Pereira Paiva até a realização do evento



A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) preparou um esquema especial para garantir a segurança do trânsito durante a motociata neste sábado, com o presidente Jair Bolsonaro. A concentração dos apoiadores do presidente está prevista para começar às 7h, com saída às 10h na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), na avenida Assis Brasil, 8787, zona Norte de Porto Alegre.

Os agentes de trânsito vão acompanhar o itinerário, monitorar o trânsito, realizar os bloqueios e fazer as intervenções necessárias para reduzir o impacto na mobilidade. A EPTC pede que a população, se possível, evite circular nos trechos onde passará o evento. A melhor alternativa para vir da zona Sul no sábado é pela avenida Cavalhada.  

Depois da saída da Fiergs, o itinerário previsto pelos organizadores prevê o deslocamento pela av. Assis Brasil, BR 290, BR 116, BR 386, BR 448, com retorno à Capital pela Castelo Branco, Mauá, João Goulart, Edvaldo Pereira Paiva, Padre Cacique, Diário de Notícias, seguindo depois pela Icaraí, Padre Cacique, Praia de Belas, Ipiranga, João Pessoa, Castelo Branco e Assis Brasil até voltar para a Fiergs.

De acordo com a EPTC, o itinerário pode sofrer alterações.

Orla do Guaíba 

Para garantir a segurança de todos, a avenida Edvaldo Pereira Paiva, na Orla do Guaíba, normalmente utilizada para o lazer aos sábados, domingos e feriados, terá trânsito normal de veículos e não será permitida a circulação de pedestres e ciclistas. Após o evento ela será liberada para circulação de pedestres e ciclistas.

Transporte Público 

Terminais de ônibus na região central serão remanejados durante a passagem do evento. As áreas serão sinalizadas e monitoradas pelas equipes da EPTC.

Linhas Provenientes do Túnel da Conceição Bairro-Centro -  Túnel da Conceição, Lg. Vespasiano Júlio Veppo, Álvaro Guaspari, Santo Antônio, Farrapos, Voluntários da Pátria, Terminal provisório Vigário José Inácio.

Terminais da Cassiano Nascimento, Uruguai, INSS (Borges de Medeiros) e Parobé estarão temporariamente desativados com deslocamento dos usuários do Transporte Coletivo para o terminal provisório na Rua Vigário José Inácio x Júlio de Castilhos.

Desvios

Linhas provenientes dos Terminais Cassiano Nascimento e Uruguai CB - Terminal provisório na Vigário José Inácio, av. Júlio de Castilhos, Cel. Vicente, Alberto Bins, Dr. Flores, Salgado Filho.

Linhas provenientes da Wenceslau Escobar BC: Cel. Massot, Av. Cavalhada, Av. Nonoai, Av. Teresópolis, Tv. Viamão, Av. Niterói, R. Gomes Carneiro, Cel. Neves, Av. Carlos Barbosa, Av. Osvaldo Rolla, Av. Cel. Gastão H. Mazeron, Av. José de Alencar, Av. Praia de Belas.

Terminal T3 e T4 Sul – Barra Shopping - Temporariamente desativado

Terminal provisório da linha T3 - R. Butuí x Curupaiti

Terminal provisório da linha T4 - R. Dr. Campos Velho x Curupaiti

Linhas provenientes da av. Azenha com terminal na av. Salgado Filho - Av. Princesa Isabel, São Manoel, Ipiranga BC, Av. Santana, Av. Venâncio Aires, Osvaldo Aranha, Garibaldi, R. Irmão José Otão, Sarmento Leite, Osvaldo Aranha, Praça Argentina, Av. Salgado Filho.

Linhas provenientes da av. Bento Gonçalves com terminal na R. Uruguai e Cassiano do Nascimento - Av. Princesa Isabel, São Manoel, Ipiranga BC, Av. Santana, Av. Venâncio Aires, Osvaldo Aranha, Garibaldi, Farrapos, Voluntários da Pátria, terminal provisório Vigário José Inácio.

Terminal Peri Machado – Linhas T2 e T5 - Terminal provisório na Av. José de Alencar x Av. Praia de Belas. José de Alencar NS, retorno no Viaduto Dom Pedro II, José de Alencar SN.

Linhas provenientes da Érico Veríssimo (Cascatinha) CB - Borges de Medeiros, José de Alencar, Gastão H. Mazeron, ...

Linhas provenientes da Osvaldo Aranha via Túnel da Conceição BC - Osvaldo Aranha BC, Garibaldi, Farrapos, Voluntários da Pátria, Terminal provisório na Vigário José Inácio.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário