segunda-feira, 12 de julho de 2021

A CAUSA ESTÁ NA DESPESA. A RECEITA É CONSEQUÊNCIA - Gilberto Simões Pires

 O OVO E A GALINHA

A pergunta -QUEM VEIO PRIMEIRO, O OVO OU GALINHA?- ainda é um dos grandes mistérios da humanidade. Apesar de o senso comum dizer que o OVO veio primeiro, há cientistas que afirmam que foi a GALINHA que surgiu antes de botar o OVO. Pela TEORIA DA EVOLUÇÃO, de Charles Darwin, uma espécie evolui de outra, mais primitiva. Assim, as aves, galinhas inclusive, vieram dos dinossauros, que já colocavam ovos.


A DESPESA PÚBLICA E OS IMPOSTOS

Entretanto, no nosso empobrecido Brasil, se alguém quer saber, de fato, -QUEM VEIO PRIMEIRO, O GASTO PÚBLICO OU OS IMPOSTOS?- aí a resposta é mais do que sabida, independente de qualquer TEORIA: PRIMEIRO VEIO A DESPESA. Os IMPOSTOS foram criados e/ou aumentados constantemente pelos mais diversos governantes que foram eleitos pelo povo para que as DESPESAS PÚBLICAS viessem a ser devidamente honradas.


ESPANTO

Partindo deste claro pressuposto, o que causa enorme espanto é a gritaria ensurdecedora que se ouve por todos os cantos do nosso imenso Brasil, despejando críticas ferozes contra a FASE DOIS da REFORMA TRIBUTÁRIA, onde a sociedade em geral está se colocando contrária, principalmente, ao IMPOSTO DE RENDA SOBRE GANHOS DE CAPITAL, notadamente sobre DIVIDENDOS.


FOLHA DOS SERVIDORES

Ora, o que este governo está tentando fazer, através da proposta enviada ao Legislativo, é arrumar recursos capazes de satisfazer as enormes e absurdas DESPESAS PÚBLICAS, onde a FOLHA DE SALÁRIOS E PRIVILÉGIOS dos SERVIDORES PÚBLICOS, tanto ATIVOS quanto, principalmente, INATIVOS, cujos valores estão protegidos por CLÁUSULAS PÉTREAS e, portanto, impossibilitadas, pela CONSTITUIÇÃO FEDERAL, de sofrerem qualquer redução.


GRITARIA

Mais curioso ainda é que a GRITARIA que a sociedade está fazendo neste momento, jamais foi ouvida com tamanha intensidade quando os governantes resolveram AUMENTAR AS DESPESAS PÚBLICAS. E não foram poucas as vezes em que isto aconteceu. Em todos os níveis: do Executivo, Legislativo e Judiciário, tanto federal quanto estadual e municipal.


SOLUÇÃO

Antes que me julguem como admirador de IMPOSTOS, o que seria impossível, quero deixar bem claro que a CAUSA está na DESPESA, os IMPOSTOS não passam de CONSEQUÊNCIA. Enquanto as DESPESAS não forem ATACADAS, a CARGA TRIBUTÁRIA não tem como DIMINUIR. E a SOLUÇÃO para este PROBLEMA está numa NOVA CONSTITUIÇÃO.



Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário