terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Celular de ambientalista cai de avião e grava a queda

 Ernesto Galiotto estava sobrevoando a praia do Peró, no RJ, quando o aparelho foi levado pela força do vento



O ambientalista Ernesto Galiotto estava sobrevoando a praia do Peró, no Rio de Janeiro,  quando teve o celular levado pela força do vento. Ele filmava a vista com o aparelho. O celular continuou enviando sinal de localização e Galiotto partiu em busca do iPhone perdido.

O smartphone seguiu gravando a queda e, como "pousou" numa duna de areia, o impacto foi amortecido.a. "O prejuízo ficou no meu celular, mergulhou!", comentou rindo durante um vídeo no YouTube postado nesta segunda-feira.

"Achei que o celular tivesse caído na água, mas não", disse. O aparelho ficou mais de 12 horas ligado, segundo Galiotto.



Bandeira Azul?

Galiotto saiu do Aeroporto Internacional de Cabo Frio para sobrevoar a Praia do Peró, que há dois anos foi vencedora da bandeira azul. Esta é "um atestado de qualidade das águas", como explicou. Entretanto, a bandeira ainda não foi hasteada e o hasteamento está previsto para dia "18 ou 19" de dezembro. 

Apesar disso, Galioto considerou um trabalho feito. "Ajudamos a divulgar essas praias e levar imagens para que fossem vistas, para que o pessoal julgasse e viesse fiscalizar e analisar". "A nossa luta e o nosso trabalho tem validade sim, e valeu muito!", concluiu.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário