sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Acordo garante votação de regulamentação do Fundeb

 Medida deve ser votada na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira



Acordo feito entre parlamentares garante a votação de regulamentação do Fundeb, principal mecanismo de financiamento de educação básica no país, na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira. A regulamentação estava prevista para a última quarta-feira, mas por falta de consenso foi adiada. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a matéria deve ser analisada ainda hoje.

Os principais pontos que resultaram em conflito entre os parlamentares são a possibilidade de convênio com entidades privadas, eleição das diretorias de escolas, liberação de verba para pagamento de psicólogos e assistentes sociais e mecanismo VAAR (Valor Aluno/Ano Resultado).

A deputada federal Sâmia Bonfim (PSol-SP) disse ao R7 Planalto que articulou com o relator, deputado federal Felipe Rigoni (PSB-ES), mudanças no relatório, as quais ele prometeu pôr em prática no texto final da matéria. “A parte que possibilita convênios com sistema S, entidades filantrópicas, enfim, isso vai cair. Outro ponto que conseguimos também que as eleições para as diretorias de escolas sejam por eleição direta, e não meritocrática, como ele queria”, afirma.

“E sobre o VAAR ele escreverá um texto bem semelhante ao que estava na emenda constitucional e vai agregar a possibilidade de fortalecimento das escolas indígenas e do combate às desigualdades raciais. Já sobre os profissionais da educação, conseguimos a liberação dos recursos para assistenciais sociais e psicólogos, mas que atuam dentro das escolas”, acrescenta Sâmia.

Já a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) informou que está trabalhando junto com o relator na articulação da matéria. “Com a regulamentação que foi construída, a gente está, não só equalizando o financiamento, trazendo mais equidade ao financiamento, mas trazendo qualidade com equidade, que é extremamente importante”, disse.

“Nós criamos mecanismos para incentivar o investimento especialmente nas escolas com pior desempenho e nos alunos mais vulneráveis, que historicamente foram deixados para trás. E sem a regulamentação, 1.500 municípios podem perder R$ 3 bilhões em 2021”, acrescenta Tabata.

Parlamentares da oposição ressaltam, contudo, que o acordo para a aprovação da medida só será de fato feito se os pontos acordados estiverem no relatório final protocolado.



Correio do Povo


Dólar fecha quinta-feira em baixa de 2,69%, aos R$ 5,03


Máximas podem chegar aos 40°C no RS nesta sexta-feira


Bolsonaro nega negociação para nomear novo ministro do Turismo


Majoração do ICMS no RS recebe apoio e críticas na Assembleia


Comissão Eleitoral do Inter define que chapa de Spode deve disputar 2º turno


Grêmio trabalha para ter Jean Pyerre no jogo de volta contra o Santos


Estudantes protestam contra os cortes de verbas na educação e pela autonomia das universidades


PRF libera trecho da nova ponte do Guaíba após a inauguração


Familiares de detentos protestam em frente ao Piratini pelo retorno de visitas nos presídios do RS


Fachin manda Bolsonaro respeitar lista tríplice para nomear reitores de federais


Após denúncia, senador aciona TCU e MPF contra filho de Bolsonaro


Famurs e Granpal assinam protocolo de intenções para compra da Coronavac


Novo trecho de faixa exclusiva de ônibus entra em operação em Porto Alegre


Presidente do Santos critica árbitro de confronto com o Grêmio e promete reclamação na Conmebol


MEC autoriza ensino remoto enquanto durar pandemia


River vence Nacional por 2 a 0 e fica perto da semifinal

MEC autoriza ensino remoto enquanto durar pandemia


Petrobras recebe propostas para a venda da Refap


River vence Nacional por 2 a 0 e fica perto da semifinal


Brasil de Pelotas perde para o Náutico e volta a se preocupar com o Z4



Nasa anuncia as 9 astronautas candidatas a ir à Lua pela 1ª vez



Região metropolitana do Chile revoga plano de flexibilização


Torcida invade treino do Vasco, cobra técnico e clube lamenta: "Injustificável"









Nenhum comentário:

Postar um comentário